É necessário que seu navegador esteja com o javascript habilitado
logo

Bienal Rubem Braga lança edital de palestrantes e mediadores

Publicada em 12 de abril de 2018

Chamamento público visa preencher programação de mesas e debates, como as realizadas em edições anterioresChamamento público visa preencher programação de mesas e debates, como as realizadas em edições anteriores

Escritores e personalidades envolvidas nos campos da arte e da cultura em geral poderão apresentar propostas de participação nas mesas e debates da Bienal Rubem Braga 2018. Organizadora da feira literária, a Secretaria Municipal de Cultural e Turismo (Semcult) de Cachoeiro de Itapemirim lança, nesta sexta-feira (13), edital de credenciamento de palestrantes e mediadores que desejam atuar no evento, a ser realizado de 15 a 20 de maio, na Praça de Fátima.

O chamamento público visa preencher a programação da bienal com propostas culturais compatíveis com a temática do evento literário, que neste ano homenageará três amigos ilustres de Rubem Braga: Vinícius de Moraes, Sérgio Buarque de Holanda e Cândido Portinari. Desse modo, as mesas e debates versarão sobre assuntos que tenham relação com as obras dos três intelectuais e suas respectivas áreas de atuação.

Os interessados têm até o próximo dia 23 para se inscrever. O edital e os respectivos anexos e termo de referência estarão disponíveis a partir desta sexta (13) na página da Semcult no site da prefeitura (www.cachoeiro.es.gov.br), na aba editais. Toda a documentação exigida deverá ser digitalizada e enviada para o endereço de e-mail semcult@cachoeiro.es.gov.br.

Após o recebimento, as propostas serão avaliadas pela Comissão Executiva da 7ª Bienal Rubem Braga, seguindo critérios estabelecidos no edital de chamamento. A remuneração prevista para os contratados varia de R$ 1 mil a R$ 10 mil, de acordo com a pontuação e categoria do projeto. Entretanto, o credenciamento não implica, necessariamente, na contratação do proponente.

“Trata-se de um acolhimento de propostas que possam agregar à programação, cabendo à administração municipal decidir se contrata ou não o proponente. A bienal já tem um foco determinado, mas é muito enriquecedor abrir espaço para novas ideias e novos agentes culturais. O chamamento público promove uma democratização inédita do processo de organização”, destaca a secretária municipal de Cultura e Turismo, Fernanda Martins.

Credenciamento

Este é o terceiro edital de credenciamento de propostas culturais para a Bienal Rubem Braga 2018. Os dois chamamentos anteriores visavam projetos para o desenvolvimento de atividades específicas da programação, incluindo contação de histórias, teatro (infantojuvenil, teatro de animação), dança, apresentações musicais, atividades performáticas (mascotes, cosplayer’s, personagens vivos e performances em geral) e oficinas.

A proposta para a bienal neste ano é facilitar o acesso do público à produção literária, incentivar a prática da leitura, promover a formação de leitores críticos e fortalecer o nome Rubem Braga como cronista importante na literatura brasileira.

Para isso, o evento será distribuído nos seguintes espaços: auditório “Marco Antônio de Carvalho”, com 350 lugares, que abrigará as mesas de debates; Arena “Zig Braga”, onde serão realizadas as contações de histórias, peças teatrais e ações lúdicas; três salas para oficinas (“Trovões de antigamente”, “O menino e o tuim” e “Negócio de menino”); sala “Coração de mãe”, destinada à recepção e sensibilização das caravanas estudantis e de público em geral; e palco “Sérgio Sampaio”, destinado a apresentações artísticas e musicais.

Copyright © 2013 Prefeitura Municipal de Cachoeiro de Itapemirim - Todos os direitos reservados
Praça Jerônymo Monteiro, 28 - Centro - Cep.: 29300-170 | SAC 156 - Tel.: 28 3155-5237