É necessário que seu navegador esteja com o javascript habilitado
logo

Cachoeiro lança programa de investimentos de R$ 55 milhões com recursos próprios

Publicada em 28 de fevereiro de 2018

O prefeito Victor Coelho apresentou o plano nesta quarta-feira (28)O prefeito Victor Coelho apresentou o plano nesta quarta-feira (28)

A prefeitura de Cachoeiro de Itapemirim lançou nesta quarta-feira (28) o seu Programa de Investimentos com recursos próprios para 2018 e 2019. O município prevê a aplicação de R$ 55 milhões nas áreas de infraestrutura, educação, saúde, agricultura, cultura, turismo, esporte e lazer.

O prefeito Victor Coelho apresentou o plano a autoridades e à imprensa em solenidade realizada no Palácio Bernardino Monteiro, sede do governo municipal.

“Esse programa é fruto do trabalho que fizemos em 2017. Das economias geradas e das ações realizadas para aumentar a nossa receita. Criamos as condições que nos permitem, já no início do segundo ano de nossa gestão, fazer investimentos grandes e muito importantes para o município, apenas com recursos próprios, o que na atual conjuntura não é comum entre as cidades brasileiras. É, provavelmente, o maior investimento da história de Cachoeiro a ser feito com recursos próprios, em dois anos”, destacou.

Cerca de 44 milhões a serem usados, segundo o prefeito, advêm de medidas como a renegociação de dívidas com o governo federal, INSS e Pasep, estabelecimento de contratos mais econômicos, ressarcimento pago por outros municípios relacionado à cessão de servidores, mudança da aplicação financeira dos recursos do município, além do superavit das contas no ano passado.

Investimentos

O programa, que será coordenado pelo secretário municipal de Governo, Weydson Ferreira, prevê investimento de R$ 21 milhões na pavimentação asfáltica de vias em diversos bairros, reforma de 25 escolas da rede municipal e reforma do viaduto próximo à Santa Casa, no bairro Gilberto Machado.

Outros R$ 12 milhões serão aplicados em obras paralisadas ou que tiveram seus convênios rescindidos antes de 2017. São elas as de contenção, drenagem e pavimentação de ruas nos bairros Alto União, Monte Belo, Vila Rica, São Lucas, Boa Esperança, Alto Novo Parque, Recanto e Nossa Senhora Aparecida. Nesse mesmo pacote estão a construção de unidades habitacionais em Monte Alegre, a reforma do Pronto Atendimento Paulo Pereira Gomes, e a construção da escola municipal Olga Dias da Costa Mendes, no bairro Coronel Borges.

Ainda na educação, serão empregados R$ 5 milhões na implantação do Laboratório de Educação Tecnológica (Robótica) e na aquisição de mesas digitais e tablets para alunos e 30 kits de energia solar para dez escolas.

O interior do município será contemplado com R$ 5 milhões para pavimentação de estradas rurais e aquisição de antenas de telefonia celular. Oito milhões de reais serão destinados para a implantação de 20 academias populares, construção de oito campos society, cinco quadras de areia e três Praças Saudáveis, e para a reforma da Casa da Memória.

Por fim, para continuar fortalecendo a sua frota, a prefeitura vai investir quase R$ 5 milhões na compra de dez ambulâncias, 23 veículos administrativos, sete ônibus e quatro viaturas para os setores de fiscalização de trânsito e ambiental.

“São muitas as melhorias que estamos propondo apenas com recursos próprios, e ainda temos, já garantidos até este momento, mais R$ 8 milhões em convênios e emendas parlamentares para investirmos em obras, saúde, assistência social, esporte e lazer”, frisou o prefeito.

Município já investiu R$ 11 milhões

Victor Coelho também enumerou alguns dos investimentos já feitos em 2017, que somam R$ 11 milhões e não estão contabilizados no programa. São eles a aquisição de quatro retroescavadeiras, dez viaturas para a Guarda Municipal, três caminhões de carroceria, oito caminhões basculantes, dois caminhões pipa, sete vans, renovação do parque tecnológico da prefeitura (computadores), aquisição de equipamentos pedagógicos, e repasse às escolas municipais para melhorias em estrutura.

Financiamento para projetos estruturantes

O prefeito ainda falou sobre os projetos estruturantes para o município, que não constam desse programa por demandarem volume de recursos muito grande e, por isso, a prefeitura terá que contratar financiamento para executá-los. São obras como macrodrenagem no Nova Brasília e em outras regiões, a revitalização da Beira Rio, construção da Rodovia Universitária, duplicação da Rodovia 482 até o trevo do IBC, contenção de encostas, construção de 30 escadarias

“Conseguimos a autorização da Câmara Municipal, no fim do ano passado, para contratarmos até R$ 150 milhões por meio de três linhas de financiamento. Mas, há um mês, a Caixa Econômica Federal suspendeu temporariamente o crédito para estados e municípios. Estamos aguardando o fim dessa medida para que possamos fazer também esses investimentos tão necessários”, explicou.

Copyright © 2013 Prefeitura Municipal de Cachoeiro de Itapemirim - Todos os direitos reservados
Praça Jerônymo Monteiro, 28 - Centro - Cep.: 29300-170 | SAC 156 - Tel.: 28 3155-5237