Prevenção

Coronavírus: comércio e serviços suspensos por uma semana

Atividades estão suspensas deste sábado (21) até a próxima sexta-feira (27)
Foto: Divulgação/PMCI

A Prefeitura de Cachoeiro de Itapemirim decretou a suspensão das atividades relativas ao comércio e serviços, deste sábado (21) até a próxima sexta-feira (27), como parte da estratégia de prevenção e enfrentamento do novo coronavírus no município.

Publicado na tarde desta sexta-feira (20), em edição extraordinária do Diário Oficial Município, o decreto não aplica a medida a: farmácias e estabelecimentos distribuidores de fármacos e de material médico-hospitalar; hipermercados, supermercados e mercados vendedores de alimentos e bebidas, desde que seja observado o atendimento simultâneo de até 40% de sua capacidade; lojas de conveniência em postos de combustíveis, postos de combustíveis e vendas de gás liquefeito de petróleo (GLP) e gás natural veicular (GNP); lojas de venda de produtos veterinários, somente relacionadas às vendas de medicamentos veterinários e alimentação animal; área de atendimento médico e veterinário, incluídas as atividades de exames; padarias, restaurantes e lanchonetes, desde que seja observado o atendimento simultâneo de até 40% de sua capacidade; padarias, restaurantes e lanchonetes que trabalhem com entrega de alimentos, por telefone, e-mail, aplicativos ou por site na internet; e serviços funerários, somente em relação ao plantão de óbitos.

O descumprimento da determinação pelos demais estabelecimentos acarretará a suspensão do alvará de funcionamento.   

O prefeito Victor Coelho ressalta que a medida, definida nesta sexta, em reunião da Sala de Situação de Emergência, foi construída a partir do diálogo com as entidades representantes dos comerciantes e dos comerciários.

“Cachoeiro é um polo comercial com grande mercado consumidor interno e que ainda recebe um fluxo significativo de consumidores de outros municípios. Essa é mais uma medida para restringir o número de pessoas circulando nas ruas da cidade e proteger a nossa população, principalmente, as pessoas que estão no grupo de risco do coronavírus”, frisou o prefeito.