Escola do Servidor promoveu palestra sobre direção defensiva

Atividade reuniu 115 servidores no auditório do Centro de Manutenção Urbana

Para 115 servidores da prefeitura de Cachoeiro, parte da manhã desta sexta-feira (20) foi dedicada à reflexão sobre a responsabilidade dos condutores na construção de um trânsito mais seguro, a partir da adoção de medidas para prevenir acidentes.

No auditório do Centro de Manutenção Urbana, no bairro São Geraldo, motoristas e também funcionários que têm autorização para conduzir veículos da frota municipal assistiram a uma palestra sobre direção defensiva oferecida pela Escola do Servidor, da Secretaria Municipal de Administração (Semad).

A atividade, que contou com a presença do prefeito Victor Coelho, foi realizada em parceria com as secretarias municipais de Segurança e Trânsito (Semset) e de Gestão de Transportes (Semtra) e integra a programação local da Semana Nacional de Trânsito.

O palestrante convidado foi o gerente de Educação de Trânsito da Semset, Paulo Xavier Bento, que é especialista em segurança no trânsito.

“Busquei passar aos motoristas a importância das boas práticas no trânsito. Reforçar orientações como zelar pelas condições de utilização do veículo, respeitar os limites de velocidade e usar o cinto de segurança. Eles prestam um serviço para a sociedade, então devem ser condutores responsáveis. Os participantes mostraram interesse pelo assunto e interagiram, isso mostra que a palestra vai trazer um bom retorno”, afirma Bento.

A atividade foi aprovada pelos participantes. “A palestra foi muito boa. Abordou de forma clara e direta informações importantes para os condutores, reforçando que todos têm o dever de colaborar para um trânsito melhor”, ressalta o coordenador dos motoristas da Semtra, Miguel Sobrinho.

O secretário municipal de Administração, Claudio Mello, destacou a relevãncia da atividade oferecida pela Escola do Servidor. “A capacitação constante oferecida aos condutores é fundamental, porque eles não conduzem apenas veículos, eles conduzem vidas”, frisou.