Aeroporto e Boa Vista recebem mutirão contra mosquito da dengue

Voluntários vão percorrer os bairros entregando material educativo

Neste sábado (27), os bairros Boa Vista e Aeroporto, em Cachoeiro de Itapemirim, receberão um mutirão de combate ao Aedes aegypti, mosquito transmissor da dengue, chikungunya e zika vírus. A ação é organizada pela Comunidade Católica do Aeroporto e vai contar com o apoio da Prefeitura de Cachoeiro, por meio da Secretaria Municipal de Saúde (Semus).

Voluntários da comunidade, agentes de edemias, e a equipe do Programa de Educação em Saúde e Mobilização Social (PESMS) vão se reunir em frente a Igreja São Sebastião, no Aeroporto, a partir das 7h30. Depois, percorrerão os bairros distribuindo material de cunho educativo e de prevenção.

O objetivo da ação é a conscientizar sobre medidas preventivas simples, que podem evitar a proliferação do mosquito, como: eliminar pneus sem uso, lixo e outros objetos que podem acumular água; verificar regularmente vasos de planta; cobrir corretamente as caixas d’água; e fechar ralos pouco usados com plástico ou jogar água sanitária, pelo menos, duas vezes por semana.

“Esse tipo de movimento da população é muito bom, não somente para a comunidade, mas para a sociedade como um todo. É a união entre poder público e sociedade que faz com que o combate ao mosquito e suas doenças seja mais forte e as incidências diminuam. Todas as iniciativas com esse foco terão o apoio da Semus”, ressalta a secretária de Saúde do município, Luciara Botelho.

Mais de 70% dos focos nas residências

Recentemente, a Vigilância Ambiental de Cachoeiro fez um levantamento apontando que 76% dos focos do Aedes aegypti são encontrados por agentes de combate a endemias da cidade dentro das residências.

De acordo com os dados, 43% dos criadouros foram achados nos quintais das casas, em recipientes que acumulam água. Já os repositórios fixos, como ralos e calhas, correspondem a 24%, e as caixas d’água, a 9%. Os números mostram que é imprescindível o envolvimento dos moradores no combate à dengue para se alcançar resultados efetivos.

A prefeitura tem promovido uma ampla campanha de alerta à população para a importância das medidas de prevenção. Além disso, em maio, o município realizou um Dia D de combate ao mosquito, que passou por 12 localidades que apresentaram maiores notificações da enfermidade transmitida pelo Aedes aegypti. Com a ação, foram recolhidos quase 100 toneladas lixo e entulho nos bairros visitados, e 26 imóveis foram notificados.