Veja como participar

Projeto de apadrinhamento afetivo tem mais de 80 padrinhos cadastrados

O projeto é promovido em favor das crianças e adolescentes atendidos em instituições de acolhimento de Cachoeiro
Foto: Divulgação/PMCI

Instituído em 2019, o projeto de apadrinhamento “Construindo laços de afeto e cuidado”, desenvolvido pela Secretaria Municipal de Desenvolvimento Social (Semdes), conta, atualmente, com 89 padrinhos cadastrados nas três categorias: Padrinho Afetivo, Padrinho Provedor e Padrinho Prestador de Serviço.

Promovido em favor das crianças e adolescentes atendidos em instituições de acolhimento de Cachoeiro, o projeto proporciona a possibilidade de pessoas, famílias e empresas contribuírem para o desenvolvimento dos acolhidos. Com isso, visa promover convívio e experiências familiares para as crianças e adolescentes, gerando vínculos afetivos seguros e duradouros, e, em alguns casos, apoio material.

Na área Afetiva, nove padrinhos estão registrados. Eles participaram do ciclo de capacitação e as visitas aos acolhidos são agendadas com a Equipe Técnica do Serviço de Acolhimento e com a Equipe Técnica do Projeto de Apadrinhamento. As visitações ocorrem, respeitando as orientações sanitárias relacionadas à Covid-19.

Os demais 80 cadastros estão nas categorias de Padrinho Provedor e Prestador de Serviços. Doações, como materiais escolares, são realizados pelos provedores. Já atividades lúdicas e projetos interativos, como confecções de artesanato, brincadeiras, teatros musicais, passeios, cinemas e piqueniques, são feitos pelos prestadores de serviços.

“Este projeto é uma das nossas linhas de frente de políticas sociais voltadas para crianças e adolescentes. Muito nos alegra a crescente procura de pessoas para participar. Nosso objetivo é o de proporcionar uma vida mais digna para as pessoas mais vulneráveis, sendo muito importante a participação social nisso”, expressa a secretária de Desenvolvimento Social de Cachoeiro, Márcia Bezerra.

Como ser participante

Para se tornar um padrinho ou madrinha do projeto, o candidato precisa ser maior de 18 anos; ter residência fixa no município de Cachoeiro; apresentar disponibilidade para participar, efetivamente, da vida do afilhado, bem como das reuniões e oficinas com a equipe do projeto; permitir visitas técnicas em sua residência; concordar com as normas estabelecidas pela proposta do Apadrinhamento e a instituição de acolhimento.

Os interessados podem ligar para a sede da Semdes, por meio dos números (28) 3522-2417 ou (28) 3511-3972, para mais informações sobre todas as etapas do projeto e as documentações necessárias para participar.

Modalidades de apadrinhamento

O projeto apresenta três modalidades de apadrinhamento:

Padrinho Afetivo: é aquele que fará visitas regulares ao acolhido, buscando-o para passar finais de semana, feriados ou férias escolares em sua companhia, proporcionando convivência social e familiar que produza experiências gratificantes;

Padrinho Provedor: dará suporte material ou financeiro à criança ou ao adolescente, seja com a doação de materiais escolares, vestuário, brinquedos; com o patrocínio de cursos profissionalizantes, reforço escolar, prática esportiva, idiomas ou com contribuição financeira para alguma demanda específica do acolhido;

Padrinho Prestador de Serviços: profissional ou empresa que, por meio de ações de responsabilidade social junto às instituições, cadastra-se para atender crianças e adolescentes participantes do projeto, conforme sua especialidade de trabalho ou habilidade, apresentando um plano de atividades.