Passeio consciente

Atenção no trânsito deve ser redobrada durante o Carnaval

Respeitar a sinalização e o limite de velocidade são medidas que evitam acidentes
Foto: Divulgação/PMCI

O Carnaval deste ano, ao contrário dos anteriores, será um período de recolhimento, por conta da pandemia do novo coronavírus. Mas para quem, ainda assim, decidir sair de casa para passear ou viajar, é importante redobrar a atenção no trânsito.

 O setor de Educação de Trânsito da Prefeitura de Cachoeiro lembra que o movimento nas estradas cresce e faz recomendações aos condutores.

Se for viajar, na noite anterior, durma bem e não tome bebida alcoólica. Antes de sair, verifique os documentos do veículo, a carteira de habilitação e as condições do automóvel, como sistema de freio, farol, seta, combustível e pneus.

Ao sair, verifique se todos os passageiros estão utilizando o cinto de segurança e, durante a viagem, não utilize o celular e não faça ultrapassagem em locais proibidos.

Se precisar fazer alguma parada de emergência, vá para o acostamento, em um lugar seguro. Não dirija cansado ou com sono: o ideal é ter alguém para revezar a direção, se for necessário.

Caso permaneça na cidade durante o feriado, também é essencial tomar alguns cuidados. Se for dirigir, evite bebidas alcoólicas e, se for beber, utilize aplicativos de transporte, táxi ou transporte público para se deslocar.

Respeite sempre a sinalização e o limite de velocidade estabelecido naquele local, para evitar acidentes no trânsito.

De acordo com o setor de Educação de Trânsito, que é vinculado à Secretaria de Urbanismo, Mobilidade e Cidade Inteligente (Semurb), os acidentes neste período ocorrem, na maioria das vezes, por imprudência dos motoristas, excesso de velocidade, ultrapassagens mal sucedidas ou motoristas alcoolizados.

“Percebemos o aumento de acidentes de trânsito nos feriados ou recessos prolongados. Portanto, essas orientações são fundamentais para que as pessoas consigam aproveitar esse período de forma consciente. Esperamos que cada um faça sua parte para um trânsito melhor”, explica o gerente de Educação de Trânsito da Semurb, Paulo Bento.