Aulas do curso para a Guarda Municipal entram na décima semana

Formação é um dos requisitos para que os agentes possam portar armas de fogo

As ações públicas em Cachoeiro em atenção a usuários de drogas e a moradores em situação de rua ganham, nesta semana, suporte dentro do curso para a Guarda Civil Municipal. É a estreia da disciplina que vai orientar os agentes sobre novos métodos de abordagem e encaminhamentos.

Cada uma das duas turmas terá seis horas da disciplina, como parte da sequência Técnicas e Procedimentos Operacionais, e o início é na manhã desta quarta-feira (25), ministrada pela assistente social e policial civil Nisia Abreu, que atua na divisão de Promoção Social da Polícia Civil.

Até sexta-feira (27), os guardas terão aulas de outras três disciplinas: O Papel de Educador do Agente, Legislação Geral e Legislação e Fiscalização de Trânsito.

É a décima semana do curso em Cachoeiro, iniciado em março e com fim previsto para o mês que vem, coordenado pela Academia de Polícia Civil (Acadepol). Com a conclusão e os atuais procedimentos da Secretaria Municipal de Segurança e Trânsito para emissão dos portes de arma, em convênio com a Polícia Federal, serão cumpridas as exigências legais para que os guardas voltem a portar armas de fogo.

De acordo com Nisia Abreu, a disciplina em Cachoeiro teve acréscimo de informações sobre características de moradores de comunidades quilombolas e sobre a cultura dos ciganos. Uma das principais orientações é para que o aluno compreenda a abrangência das abordagens, para os campos de saúde e social.

“É importante que a abordagem, por parte dos agentes que atuam nas ruas, seja adequada a cada público, por meio de técnicas para proteger a integridade do cidadão e do agente. As forças de segurança precisam, cada vez mais, mapear a rede de atenção social existente na cidade, para promover os encaminhamentos”, aponta.

Últimas notícias