Carolina Munhóz

Autora de best-sellers falará sobre literatura fantástica na Bienal Rubem Braga

Escritora, que reside em Los Angeles, participará da mesa debates on-line
Foto: Divulgação/Carolina Munhóz

A 8ª Bienal Rubem Braga, que a Prefeitura de Cachoeiro de Itapemirim realizará, de 23 a 29 de maio, contará com a participação da escritora Carolina Munhóz, conhecida por seus best-sellers de literatura fantástica, entre eles “O inverno das fadas’, “Feérica’ e “Por um toque de ouro”.

Carolina participará da mesa de debates on-line, no dia 25 de maio, às 9h e às 14h, com transmissão ao vivo pelo canal oficial da Secretaria Municipal de Cultura e Turismo de Cachoeiro no Youtube (Semcult Cachoeiro).

Com mais de 350 mil livros vendidos, ela desenvolve, em suas histórias, universos com criaturas míticas, como fadas e leprechauns, sempre com uma perspectiva própria desses seres. 

“Sempre que busco inspiração em criaturas ou lendas já existentes, tento me aprofundar ao máximo possível, para saber todas as formas que elas já foram abordadas antes de dar a minha perspectiva”, comenta a escritora, que vive em Los Angeles, Califórnia (EUA).

Além de escritora, Carolina Munhóz também escreve argumentos para séries em plataformas de streaming, como o thriller sobrenatural “O escolhido”, onde atuou como showrunner, produtora executiva e roteirista.

Em suas produções para mídias visuais, a autora trabalha, recorrentemente, em parceria com seu marido, o também escritor Raphael Draccon. Na série “Cidade invisível”, que figurou entre as 10 mais assistidas em 60 países, incluindo os Estados Unidos da América, a dupla utilizou elementos do folclore brasileiro em uma abordagem pós-moderna.

“Vínhamos, há anos, estudando o folclore brasileiro e buscando uma forma de adaptá-lo para o mundo contemporâneo. Então, moldamos essas figuras da mesma maneira que já fazíamos em nossos livros como fadas, dragões e leprechauns, utilizando o fantástico como metáforas de situações e sentimentos reais”, explica.

Sobre sua participação na Bienal, na mesa de discussão “Literatura fantástica x sobrevivência em um mundo real de violência ao próximo”, Carolina comenta que irá compartilhar suas experiências profissionais e pessoais como escritora, além de abordar como a literatura pode servir de refúgio em momentos difíceis.

“O público pode aguardar um pouco sobre minha experiência pessoal como uma jovem que sofreu bullying e depressão, na adolescência, que, através da literatura fantástica, encontrou um refúgio, que hoje se transformou em uma morada”, comenta a escritora.

Programação da 8ª Bienal Rubem Braga

Além de Carolina Munhóz, a edição 2022 da Bienal Rubem Braga contará com a participação de outros escritores brasileiros de renome, como Antônio Torres, membro da Academia Brasileira de Letras (ABL), além de Micheliny Verunschk, Isa Colli, Claufe Rodrigues, Roberta Malta e Henrique Rodrigues. 

A programação do evento também inclui mesas on-line de lançamento de livros, em que serão apresentados 14 títulos – de autores cachoeirenses e de outras partes do país.

Além disso, as atividades da 8ª Bienal Rubem Braga contarão com oficinas em escolas e centro culturais; city tour dedicado ao cronista, exposições e uma feira de artesanato. Confira a programação completa do evento no site www.cachoeiro.es.gov.br.