Blitz no Centro vai alertar sobre combate ao Aedes no Carnaval

A ação vai ocorrer durante a parte da manhã, das 8h às 11h

Nesta quinta-feira (28), cerca de 30 servidores da prefeitura de Cachoeiro de Itapemirim estarão na praça Jerônimo Monteiro, no centro da cidade, para conscientizarem transeuntes e motoristas sobre a importância de medidas preventivas contra o mosquito Aedes aegypti (transmissor das doenças chikungunya, zika, dengue e febre amarela) no feriado prolongado de Carnaval.

A ação, uma espécie de blitz, será organizada durante a parte da manhã, das 8h às 11h, pela Secretaria Municipal de Saúde (Semus) – por meio da Vigilância Ambiental –, que contará com apoio de funcionários das pastas de Meio Ambiente (Semma), Desenvolvimento Social (Semdes), Segurança e Trânsito (Semset), Desenvolvimento Urbano (Semdurb), Educação (Seme) e Serviços Urbanos (Semsur), que integram o comitê de combate ao Aedes.

Faixas e cartazes serão expostos nos semáforos. Também haverá abordagens com panfletos educativos. “Antes que as pessoas saiam para viajar, é essencial que façam uma vistoria e não deixem recipientes que, com essas chuvas, podem se tornar criadouros do Aedes. Esta será umas das recomendações que faremos na ação”, explica Luciara Botelho, secretária municipal de Saúde.

Cuidados para combater o mosquito

– Escolha um dia da semana para fazer uma vistoria na casa, principalmente no quintal, e que seja sempre repetida no mesmo dia da semana, pois o ciclo de um mosquito de proliferação em torno de 7 a 10 dias. Essa verificação contribui no combate, prevenção eliminação de possíveis criadouros do mosquito Aedes aegypti.

– Não permita o acumulo de água em recipientes (aguá estagnada é a área mais comum de reprodução do mosquito);

– Manter limpos e com areia os potes de plantas e flores em uso;

– Ficar atento a aparelhos de refrigeração que usem água, lembre-se de esvaziar e limpar a água regularmente, mesmo quando não estiver em uso.

– Latas de lixo, sempre tampadas;

– Não deixar entulho no quintal ou nas ruas e eliminar diariamente a água parada;

– Tapar os ralos pouco usados com um plástico, jogando água sanitária no cano duas vezes por semana;

– Diminuir o número de bebedouros de cães, gatos e passarinhos e manter o aquário limpo e fechado.