Covid-19

Cachoeiro abre agendamento neste sábado (22) para vacinar crianças de 6 a 11 anos

Vacinação acontecerá de segunda a quinta-feira, em cinco Unidades Básicas de Saúde de Cachoeiro
Foto: Márcia Leal/PMCI

A Secretaria Municipal de Saúde (Semus) de Cachoeiro de Itapemirim abrirá, neste sábado (22), às 8h, novas vagas para agendamento on-line de vacinação pediátrica contra a Covid-19, desta vez, para crianças de 6 a 11 anos sem comorbidades – para o público de 5 a 11 anos com deficiência permanente e/ou comorbidades, não é necessário agendamento.

Serão 1.000 vagas para atendimento, entre segunda (24) e quinta-feira (27), no período da tarde, em cinco Unidades Básicas de Saúde (Vila Rica, Jardim Itapemirim, Village da Luz, Aquidaban e Zumbi).

O site para fazer a marcação é o agendamentosaude.cachoeiro.es.gov.br. Nele, é possível que o pai ou responsável escolha o local e o dia, dentre os disponíveis, para vacinar a criança – o horário aparecerá automaticamente. O agendamento pode ser feito em qualquer unidade disponível e não apenas naquela mais próxima da residência.

As vacinas utilizadas serão a Pfizer (pediátrica) e a Coranavac, que teve sua liberação para aplicação em crianças referendada pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa), na última quinta-feira (20), com restrição apenas para crianças com imunidade comprometida.

“Recebemos com otimismo a notícia da aprovação da vacina Coronavac para crianças, o que ampliará a oferta de vagas para a vacinação pediátrica no município. A vacina é segura e tem sua eficácia cientificamente comprovada. Por isso, é muito importante que os pais levem seus filhos para receber o imunizante, como forma de proteger as crianças de consequências decorrentes dos casos graves da doença”, comenta o secretário de Saúde, Alex Wingler.

Até o presente momento, Cachoeiro de Itapemirim já imunizou 600 crianças com a primeira dose da vacina contra Covid-19.

Diretrizes da vacinação pediátrica

O intervalo entre a primeira e a segunda dose da vacina pediátrica da Pfizer será de oito semanas. No caso da Coronavac, serão 28 dias. Os pais ou responsáveis devem estar presentes no momento da vacinação manifestando sua concordância. Em caso de ausência, a vacinação deverá ser autorizada por um termo de assentimento por escrito. Também será necessário levar os documentos da criança: documento de identidade, cartão de vacinas e cartão do SUS ou CPF.