No Cemurf

Cachoeiro agora oferece exame de espirometria gratuitamente

Indicado para avaliar saúde dos pulmões, serviço está disponível no Centro Municipal de Reabilitação Física (Cemurf)
Foto: Márcia Leal/PMCI

Moradores de Cachoeiro e de outras cidades sul-capixabas não precisam mais se deslocar para Vitória para ter acesso gratuito ao exame de espirometria, que avalia a saúde dos pulmões. O serviço agora está disponível no Centro Municipal de Reabilitação Física (Cemurf), no bairro Marbrasa.

A novidade é fruto de parceria da Secretaria Municipal de Saúde (Semus) de Cachoeiro com o projeto AbraçAR, desenvolvido pela empresa Boehringer Ingelheim.

Também conhecida como prova de função pulmonar ou exame do sopro, a espirometria mede a quantidade e o fluxo de ar que entra e sai dos pulmões. O resultado ajuda na análise das condições de ventilação do paciente. Alterações nesse exame podem indicar doenças respiratórias, como asma ou doença pulmonar obstrutiva crônica (DPOC), e até sequelas causadas pela Covid-19. O procedimento também é indicado para monitorar a evolução clínica de pacientes que estão tratando problemas respiratórios.

De acordo com a Semus, o Cemurf deve realizar, por mês, cerca de 70 exames em pacientes encaminhados por médicos da atenção primária (das unidades básicas, por exemplo) e por pneumologistas da rede estadual de saúde.

Durante a inauguração do serviço, nesta quarta-feira (22), o secretário de Saúde de Cachoeiro, Alex Wingler, enfatizou que a oferta do exame é uma grande conquista.

“Vamos facilitar e agilizar o acesso ao diagnóstico e a adesão ao tratamento de doenças respiratórias para a população da nossa região, incluindo pessoas que sofrem com sequelas pulmonares causadas pela Covid-19.”, afirmou.

Presente na inauguração, o prefeito Victor Coelho destacou a importância da parceria firmada com o projeto AbraçAR.

“Estamos muito satisfeitos com essa união de forças, que garante que nossa cidade passe a ofertar um exame tão importante, de forma totalmente gratuita, poupando o deslocamento dos nossos moradores para outros lugares, em busca desse serviço”, disse.

A parceria com o projeto AbraçAR tem prazo de dois anos, que pode ser estendido, ao final. Para realização da espirometria, os servidores da Cemurf receberam treinamento específico.