Espaço Vida

Cachoeiro ganha centro de referência para pessoas em situação de rua

Fica na rua Deodoro da Fonseca, nº 98, no bairro Independência
Foto: Marcia Leal

A prefeitura de Cachoeiro inaugurou nesta segunda-feira (14) o “Espaço Vida”, Centro de Referência Especializado para Pessoas em Situação de Rua (Centro Pop) do município.

Localizada na rua Deodoro da Fonseca, nº 98, no bairro Independência, a unidade é um ponto de apoio para pessoas que, conforme a Política Nacional para a População em Situação de Rua, vivam em espaços públicos por pobreza extrema, vínculos familiares fragilizados ou rompidos e não terem moradia convencional regular.

No local, elas terão acesso a atendimentos individuais e coletivos com assistente social, psicólogo e pedagogo, oficinas e atividades de convívio e socialização, além de espaços para alimentação, higiene pessoal, limpeza de roupas, guarda de pertences e provisão de documentação. A unidade funcionará das 7h às 20h, de segunda a sexta-feira.

“Há tempos trabalhamos para implantar esse novo serviço em Cachoeiro, para podermos cuidar ainda melhor das pessoas em situação de rua, um público em grande vulnerabilidade social. Nosso dever é estender a mão, mas também oferecer um atendimento especializado àqueles que estão precisando de acolhimento, apoio e oportunidades para mudar as suas vidas”, afirmou o prefeito Victor Coelho, durante a cerimônia de inauguração do espaço.

A secretária municipal de Desenvolvimento Social, Maria Aparecida Stulzer, destacou que o Centro POP vai reforçar os serviços de assistência e a garantia de direitos à população em situação de rua em Cachoeiro. “Trabalharemos de forma integrada com a Secretaria Municipal de Saúde, no acompanhamento das pessoas cadastradas pelo serviço. É um apoio fundamental”, ressaltou.

O atendimento do Centro POP é destinado a jovens, adultos, idosos e famílias em situação de rua. O serviço poderá ser acessado de forma espontânea, por encaminhamento do Serviço Especializado em Abordagem Social (já realizado em Cachoeiro), por outros serviços da assistência social ou política pública e por órgãos do Sistema Judiciário.

Para pernoite, os usuários do serviço serão encaminhados para a Casa de Passagem “Santa Tereza de Calcutá”, que é mantida pela Cáritas Diocesana, com apoio da Secretaria de Desenvolvimento Social (Semdes), e funciona no bairro BNH.