Cerco Inteligente

Cachoeiro iniciará novo sistema eletrônico de segurança em julho

Projeto foi apresentado ao governo estadual em reunião nesta terça-feira (16)
Foto: Márcia Leal/PMCI

Na segunda quinzena de julho, a Prefeitura de Cachoeiro dará início à operação de um novo sistema eletrônico de monitoramento para segurança pública. É o Cerco Inteligente de Segurança, que tem como principal objetivo ampliar a capacidade de combate a crimes em vias públicas, sobretudo, roubo de veículos e todos os tipos de delitos que envolvem o uso de automóveis e motos.

Serão instaladas, em locais estratégicos da cidade, 50 novas câmeras com tecnologia para leitura de placas veiculares. Além disso, as 40 câmeras de videomonitoramento, já operantes no município, serão integradas ao novo sistema e a Central de Visualização e Operação, da Guarda Civil Municipal, será modernizada. Assim, o parque de videomonitoramento de Cachoeiro passará a ter 90 câmeras.

Como vai funcionar

O Cerco Inteligente permitirá a identificação, em tempo real, de veículos com restrição de furto ou roubo; infrações de trânsito; veículos suspeitos e situações de emergência relacionadas a transeuntes. A partir da detecção das ocorrências, a Central de Videomonitoramento da Guarda Civil Municipal direcionará o procedimento a ser adotado em cada situação, podendo acionar agentes de segurança por meio de alarmes emitidos para os seus celulares.

No caso de veículos com restrição de furto ou roubo, ou cujos condutores sejam suspeitos de crimes, a central disparará o alarme ao agente de segurança para que seja feita a abordagem adequada. Em situações que envolverem infrações de trânsito, a multa será gerada, automaticamente, e o agente de trânsito será acionado para fazer a abordagem, se houver necessidade. Em 14 das 30 barreiras eletrônicas, haverá pontos de detecção de avanço semafórico.

Emergências com transeuntes e comunicação de desastres

O contrato com a empresa responsável ainda prevê dois totens de segurança com botão de emergência, que serão instalados em áreas públicas e que poderão ser usados pela população para acionar as forças de segurança, em casos de crime e violência.

Os totens contarão com áudio bidirecional, composto por cornetas e interfones, permitindo a comunicação entre a central e as pessoas nas vias públicas. Esse sistema de áudio também facilitará a comunicação com a população em caso de ocorrência de desastres naturais, como enchentes, e para orientar a população a respeito de aglomerações, durante o período de pandemia.

A Prefeitura de Cachoeiro vai investir, no Cerco Inteligente, R$ 2.574.364,80, com recursos do Fundo Municipal de Trânsito e um complemento de verba própria. O valor corresponde à contratação anual dos serviços.

Nesta quinta-feira (18), será publicada, no Diário Oficial do Município, a ata de registro de preços que serve de base para a contratação e, em uma edição posterior, o extrato do contrato dos serviços, no valor citado (R$ 2,5 milhões).

Parceria com governo estadual

Em reunião, na tarde desta terça-feira (16), a Prefeitura de Cachoeiro apresentou o projeto do Cerco Inteligente de Segurança a representantes da Polícia Militar, da Polícia Civil e da Secretaria de Estado da Segurança Pública e Defesa Social (Sesp). O objetivo foi articular o compartilhamento da utilização do novo sistema com as forças de segurança que estão sob a responsabilidade do governo estadual.

“O governo estadual já planeja implantar o Cerco Inteligente no Espírito Santo como um todo. Cachoeiro, tomando à frente desse processo, contribuirá muito para a integração com o sistema estadual. Temos a intenção de fazer um convênio com a prefeitura”, afirmou Guilherme Pacífico, subsecretário de Relações Institucionais da Sesp, que participou da reunião por meio de chamada de vídeo pela internet.

“O Cerco Inteligente agrega muito para a segurança pública. Já tive a oportunidade de trabalhar com outras agências policiais que dispõem dessa ferramenta e o resultado é excepcional, tanto para acompanhamento de alguma situação em tempo real, quanto para investigações posteriores. Acreditamos que essa iniciativa representará um salto muito grande para as ações de segurança em Cachoeiro”, comentou o delegado-chefe da 7ª Delegacia Regional de Polícia Civil, Rômulo Carvalho Neto.

“A Polícia Militar chegou a comprar equipamentos para fazer esse monitoramento em Cachoeiro, mas não tínhamos o sistema que está para ser implantado. O Cerco Inteligente ajudará muito e a prefeitura pode contar conosco”, destacou o tenente-coronel do 9º Batalhão de Polícia Militar, Fabrício Martins.

“Este será um primeiro passo que nós daremos. À medida que o novo sistema for sendo instalado, apresentar resultados e ampliar a sensação de segurança nas ruas, a população ficará mais confiante e colaborará com esse sistema. Mesmo durante a pandemia, o número de roubos de carros, por exemplo, aumentou. Por isso, é fundamental o investimento que estamos fazendo”, completou o prefeito Victor Coelho.