Controle da pandemia

Cachoeiro já tem mais de 60 mil testes de Covid-19 realizados

Na última semana, Prefeitura iniciou testagem de trabalhadores do comércio
Foto: Márcia Leal/PMCI

Desde o início da pandemia, já foram realizados 60.377 testes de Covid-19 em Cachoeiro de Itapemirim, segundo dados do painel do governo estadual até a tarde desta quarta-feira (5). A maior parte dos testes, essenciais para o mapeamento da doença e interrupção do contágio, foi feita a partir de coletas na rede pública de saúde.

Do total de testes, 38.271 (63,3%) são do tipo RT-PCR. Considerado o “padrão de referência”, essa modalidade visa a identificação do coronavírus no início da doença. Para isso, é feita a coleta de material, com swab (cotonete), da nasofaringe (nariz) ou orofaringe (garganta). A amostra é enviada para análise laboratorial.

Também foram aplicados 15.465 testes rápidos, bastante indicados para auxiliar na identificação de grupos da população que tiveram contato com o vírus. Destes, 7.456 foram testes sorológicos, quando há coleta de uma pequena amostra de sangue do dedo do paciente; e 5.024 testes de captura de antígeno, no qual o material é coletado por swab.

Foram realizados, ainda, 4.253 testes de sorologia IgG, em que há coleta de sangue após o período de possível contágio, para identificar produção de anticorpos; e 2.388 testes de sorologia IgM, também por coleta de sangue, mais indicado para ser realizado no período inicial da infecção de Covid-19.

Estratégias

Para ampliar a testagem da população, a Prefeitura de Cachoeiro adotou diversas estratégias. Entre elas está a realização dos inquéritos sorológicos de 2020, junto ao governo estadual, para mensurar, estatisticamente, o grau de circulação do novo coronavírus na população. Outra ação importante foi a disponibilização de coleta com swab em todas as Unidades Básicas de Saúde (UBS) para os pacientes com sintomas gripais.

Nesta semana, foi dado início à testagem de trabalhadores do comércio com testes rápidos de captura de antígeno, em uma parceria entre as secretarias municipais de Saúde (Semus) e Desenvolvimento Econômico (Semdec). O objetivo é identificar possíveis casos positivos em quem trabalha nos estabelecimentos comerciais de Cachoeiro, de modo a fortalecer a capacidade monitoramento epidemiológico e combate à disseminação da doença.

“A testagem é fundamental para o controle de uma epidemia, sendo que a indicação de fazer esse ou aquele tipo de teste depende de cada situação específica. Temos trabalhado ao máximo para que cada vez mais pessoas tenham acesso gratuito a esses procedimentos”, afirma o secretário municipal de Saúde, Alex Wingler.

“Tudo o que está ao alcance do poder público municipal para combater a Covid-19 está sendo feito. Pedimos a colaboração de todos nessa luta: evite sair de casa; se precisar sair, tome todo os cuidados necessários”, reforça o vice-prefeito de Cachoeiro, Ruy Guedes, que coordena o Sistema de Comando Operacional (SCO) contra a Covid-19 no município.