Restrições aumentam

Cachoeiro passa para risco alto de Covid-19; veja o que muda

Mesmo estabelecimentos essenciais terão condicionantes mais restritivas de funcionamento
Foto: Márcia Leal/PMCI

Cachoeiro de Itapemirim passou para o “risco alto” para Covid-19, de acordo com o novo mapa de gestão de risco para enfrentamento à pandemia do Governo do Espírito Santo, publicado neste sábado (6). Com isso, haverá mais restrições de funcionamento das atividades econômicas, conforme já previsto no decreto municipal 29.480.

A partir de agora, as atividades do turno 1 poderão funcionar apenas em dias ímpares, das 10h às 16h, e as do turno 2, em dias pares, também das 10h às 16h. Em ambos os turnos, o atendimento presencial somente poderá ocorrer de segunda a sexta-feira.

As atividades do turno 3, que abrange shoppings, galerias e centros comerciais, continuarão funcionando de segunda a sexta-feira, por seis horas diárias, e as do turno 4, que envolve os ramos de alimentação, poderão atender presencialmente de segunda a sexta-feira, das 10h às 16h.

Já nas atividades do turno 5, direcionado aos serviços essenciais, poderão funcionar todos os dias, das 8h às 18h, borracharias, oficinas de reparação de veículos automotores e bicicletas, estabelecimentos de venda de materiais hospitalares e lojas de conveniência (sendo vedado o consumo presencial, bem como a venda de bebidas alcoólicas fora do período entre 8h e 16h). As demais desse turno poderão funcionar sem limite de horário.

No caso dos estabelecimentos dos turnos 4 e 5, as condicionantes de atendimento presencial se tornaram mais rígidas, restringindo a permanência de pessoas no mesmo local a até 20% da capacidade.

O atendimento por delivery e drive thru continua permitido a todos os estabelecimentos, sem restrição de horário, exceto para aqueles que estiverem suspensos, como é o caso dos bares.

Suspensões

Templos religiosos e feiras livres terão suas atividades presenciais suspensas. Já as barbearias e salões de beleza poderão atender de segunda a sábado, mediante agendamento e respeitando as medidas de não-aglomeração.

As agências bancárias, por sua vez, continuarão podendo fazer atendimentos referentes aos programas destinados a aliviar as consequências econômicas do novo coronavírus e a pessoas com doenças graves, além da possibilidade de utilização dos caixas eletrônicos. Os demais tipos de atendimento somente poderão ser feitos mediante agendamento prévio, caso não haja possibilidade de realização de forma remota (telefone, e-mail, etc.).

Aumento de casos

Cachoeiro já chegou a quase 500 casos confirmados de Covid-19, com 16 mortes e cerca de 240 curados. Do número de confirmações, quase a metade ocorreu nesta semana. Ainda assim, o índice de isolamento social no município está em 43%, quando o ideal, de acordo com os órgãos de saúde, é ter pelo menos 70%.

“As novas regras já estão valendo. Infelizmente, com o aumento de casos em Cachoeiro e a baixa adesão ao isolamento social, as normas de funcionamento se tornaram mais restritivas. Renovamos o nosso apelo para que a população e faça a sua parte, não saindo de casa de forma desnecessária, adotando as medidas de higiene e denunciando aqueles que desrespeitam as regras”, afirma o prefeito Victor Coelho.

Disk Aglomeração

O Disk Aglomeração da Prefeitura de Cachoeiro de Itapemirim recebe denúncias relacionadas ao descumprimento das medidas de combate à Covid-19, funcionando 24h. Para denunciar, basta entrar em contato com a central de atendimento pelo telefone 153 ou pelo site cachoeiro.es.gov.br/ouvidoriageral. As demandas são encaminhadas à equipe de fiscalização e à Guarda Civil Municipal (GCM), para que sejam tomadas as devidas providências.