Poluição sonora

Cachoeiro tem fiscalização de motos com escapamento irregular

Operação na semana passada abordou 67 motociclistas
Foto: Divulgação/PMCI

Operações de fiscalização de motocicletas com escapamento irregular estão sendo intensificadas em Cachoeiro de Itapemirim. As ações, que tiveram início em janeiro, são realizadas pelas secretarias municipais de Desenvolvimento Urbano (Semdurb), Segurança (Semseg) e Meio Ambiente (Semma), em parceria com o 9º Batalhão da Polícia Militar.

Durante uma ação na semana passada, 67 motociclistas foram abordados, totalizando 11 autos de infração: cinco por descarga aberta e seis por motivos diversos. Alguns proprietários alteram o sistema de descarga, retirando o miolo (silenciador) ou substituindo o cano original por um outro, sem silenciador.

De acordo com o Código de Trânsito Brasileiro (CTB), transitar com o veículo com descarga livre é uma infração grave, que pode acarretar em perda de 5 pontos na carteira de motorista, multa de R$ 195,23 e retenção do veículo para regularização. Além de fiscalizar motocicletas, motonetas e ciclomotores com escapamentos alterados (que provocam poluição sonora), são verificados outros tipos de irregularidades.

“A retirada dos silenciadores do sistema de descarga causa uma poluição sonora enorme, que afeta muito a saúde das pessoas. A última coisa que queremos, sobretudo, em meio a uma pandemia, é ter mais problemas de saúde pública. Por isso, continuaremos com as fiscalizações e pedimos aos condutores que se conscientizem”, afirma o secretário municipal de Desenvolvimento Urbano, Jonei Petri.