Cachoeiro vai intensificar ações de educação no trânsito em maio

A agenda local do Maio Amarelo é organizada pelo departamento de Educação Cidadã da prefeitura

Lançada este ano no Espírito Santo, em evento promovido na última quarta-feira (24), no Palácio Anchieta (sede do governo do estado), a campanha nacional Maio Amarelo 2019 – que traz o tema “No trânsito, o sentido é a vida” – começa em Cachoeiro de Itapemirim na semana que vem. A abertura da programação local será na próxima quinta-feira (2), com uma solenidade na Câmara dos Vereadores, a partir das 9h.

Estarão presentes o prefeito Victor Coelho, o secretário de Segurança e Trânsito de Cachoeiro, Ruy Guedes Barbosa Junior, e o comandante do 9º Batalhão da Polícia Militar, tenente-coronel Ríodo Lopes Rubim, além de outras autoridades do executivo e legislativo municipais, representantes da Polícia Rodoviária Federal, estudantes e público em geral.

A agenda, organizada pelo departamento de Educação Cidadã da prefeitura, segue durante todo o mês, com palestras em instituições públicas e privadas de ensino e, ainda, no Tiro de Guerra. Também haverá ações de panfletagem na região central da cidade, em áreas com grande fluxo de motoristas e pedestres.

“A novidade é que, neste ano, vamos distribuir os panfletos educativos em sacolinhas de TNT, que terão estampas com informações também alusivas ao Maio Amarelo. O interessante é que, dentre outras finalidades, elas podem ser utilizadas como lixeiras dentro de veículos. Acreditamos que esse é um dos modos de fazer reverberar a mensagem da campanha”, explica o secretário municipal de Segurança e Trânsito.

Sobre o movimento

Lançado pela Organização das Nações Unidas (ONU), o movimento Maio Amarelo nasce com a proposta de chamar a atenção da sociedade para o alto índice de mortes e feridos no trânsito em todo o mundo. É uma ação coordenada entre o poder público e a sociedade civil para colocar em pauta o tema segurança viária e mobilizar toda a sociedade, envolvendo os mais diversos segmentos.

O objetivo é tornar o tema “trânsito” pauta diária durante todo o mês de maio e estimular, desta forma, a participação de toda a população, empresas, governo e entidades em ações que contribuam para a redução de acidentes tornando o trânsito mais seguro para todos. No Brasil, morrem por ano uma média de 50 mil pessoas vítimas de acidentes de trânsito.

O movimento segue preceitos da Década de Ações para a Segurança no Trânsito (2011-2020), criado em 2011 pela Organização das Nações Unidas (ONU), e da Semana Mundial de Segurança do Pedestre, que ficou conhecida como Campanha Zenani Mandela, em memória à neta de Nelson Mandela, vítima fatal de acidente de trânsito na África do Sul em 2010, aos 13 anos.