Prevenção

Campanha de vacinação contra sarampo vai até sexta (13)

Ação tem como público-alvo crianças e jovens de 5 a 19 anos
Foto: Divulgação/PMCI

Terminará, na sexta-feira, a campanha nacional de vacinação contra o sarampo que tem, como público- alvo, crianças e jovens de 5 a 19 anos. Em Cachoeiro, cerca de 2.500 pessoas já foram imunizadas desde o início da ação, no dia 10 de fevereiro.

A Secretaria Municipal de Saúde orienta quem ainda não recebeu nenhuma ou apenas uma dose da vacina tríplice ou tetra viral, ou, ainda, aquele que não sabe se seu esquema vacinal está completo a procurar um dos locais de vacinação nesses últimos dias da campanha.

As doses estão disponíveis no Centro de Saúde Paulo Pereira Gomes (PPG), localizado no bairro Baiminas (que abriga, temporariamente, os serviços da sala de vacinas do Centro Municipal de Saúde Bolívar de Abreu, em reforma) e em todas as unidades de saúde do município com sala de vacina (confira lista abaixo). O atendimento é de segunda a sexta-feira, das 7h às 16h.

“É extramente importante que o público-alvo compareça à unidade de saúde mais próxima para se vacinar, pois essa é forma mais eficaz para prevenir o sarampo. Também é uma oportunidade para atualizar o cartão de vacina”, ressalta a secretária municipal de Saúde, Luciara Botelho.

“Importante lembrar que a vacina tríplice viral, que confere proteção ao sarampo, rubéola e caxumba, está disponível na rotina do calendário básico de vacinação do Programa Nacional de Imunizações (PNI) e pode ser encontrada, sempre, em todas as salas de vacinas. São duas doses para as crianças com 12 meses e 15 meses de idade. A população até 29 anos recebe duas doses e a população de 30 a 59 anos, dose única”, explica a coordenadora de imunização da Semus, Horminda Gonçalves.

De acordo com a coordenadora, em 2020, houve aumento da faixa etária de recomendação de vacinação contra o sarampo no Brasil. Até 2019, a vacinação de rotina era para pessoas de até 49 anos. Agora, a vacinação passou a valer para quem tem até 59 anos.

Ela ainda complementa dizendo que é importante que os responsáveis cumpram com o calendário de vacinação das crianças.
“A vacina também é ofertada para as crianças de seis a 11 meses de idade, instituída pelo Ministério da Saúde como dose zero, com objetivo de proteger a criança durante o momento epidemiológico que o país vive na atualidade. Ao completar 1 ano de idade, a criança recebe nova dose da rotina”, conclui.

Sarampo

O sarampo é uma doença infectocontagiosa causada por um vírus. É uma das principais doenças responsáveis pela mortalidade infantil em países subdesenvolvidos. Altamente contagioso, é transmitido diretamente de pessoa a pessoa, por meio das secreções do nariz e da boca expelidas pelo doente ao tossir, respirar ou falar. Seus sintomas incluem febre, manchas avermelhadas no corpo, coceira, mal-estar geral e falta de apetite.

Confira os locais de vacinação:
Centro de Saúde Paulo Pereira Gomes (PPG)
UBS de Soturno
UBS de Novo Parque
UBS de Córrego dos Monos
UBS de Pacotuba
UBS de Burarama
UBS de União
UBS de Village da Luz
UBS de Zumbi
UBS de Coramara
UBS de Nossa Senhora Aparecida
UBS de Paraíso
UBS de Amaral
UBS de São Luiz Gonzaga
UBS de Aquidabã
UBS de Conduru
UBS de BNH de Baixo
UBS de Abelardo Machado
UBS de Aeroporto
UBS de Jardim Itapemirim
UBS de Gilson Carone
UBS de São Vicente
UBS de Nossa Senhora da Penha
UBS de Agostinho Simonato
UBS de Coutinho
UBS de Otto Marins
UBS de Amaral
UBS de Itaoca
UBS de Vila Rica
UBS de Valão