Concessão de uso do britador

Com parceria, Prefeitura economizará R$ 1 milhão por ano em materiais para obras

Redução de custos será possibilitada pela concessão de uso de britador à iniciativa privada
Foto: Divulgação/PMCI

Firmada a partir de concorrência pública, uma parceria entre a Prefeitura de Cachoeiro e uma empresa do setor de rochas vai possibilitar economia de mais de R$ 1 milhão por ano aos cofres públicos, ao reduzir despesas para aquisição de materiais como brita, pó de pedra e saibro, usados em obras e serviços.

Por meio da Secretaria de Agricultura, a administração municipal fez a concessão de uso de um antigo conjunto de britagem de rochas (britador) à empresa, para que ela restaure e reative o maquinário, passando a produzir esses insumos que, ao município, serão fornecidos sem custo.

A recuperação do britador está em andamento. Quando o equipamento entrar em operação, ele processará resíduos da atividade de rochas ornamentais, gerando os produtos que a Prefeitura vai usar em obras, fabricação de manilhas e manutenção de estradas vicinais.

Dessa forma, além de gerar economia ao município, a inciativa tem caráter sustentável, ao viabilizar a reciclagem dos rejeitos.

O contrato entre as partes tem prazo de cinco anos, que pode ser renovado pelo mesmo período.

“Nossa expectativa é de que esse equipamento entre em operação nas próximas semanas, gerando uma significativa economia aos cofres públicos, garantindo a disponibilização de materiais importantes, especialmente, para manutenção de nossas estradas rurais, e contribuindo para redução da quantidade de rejeitos no meio ambiente”, explica o secretário de Agricultura de Cachoeiro, Paulo Miranda.