Retomada

Comerciantes recebem esclarecimentos sobre auxílio pós-enchente

Linhas de crédito emergenciais e ações do poder público foram temas abordados
Foto: Divulgação/PMCI

Em reunião, na manhã desta sexta-feira (31), comerciantes cachoeirenses afetados pela enchente do último fim de semana receberam esclarecimentos sobre ações do poder público e de instituições parceiras para a recuperação de suas atividades econômicas. O encontro, organizado pela Prefeitura de Cachoeiro e pela Associação Comercial, Industrial e de Serviços do município (Acisci), foi realizado na Igreja de Nossa Senhora da Consolação, no bairro Guandu.

Na ocasião, representantes de instituições financeiras falaram sobre linhas de crédito emergenciais disponibilizadas. O Banestes já oferece quatro linhas de crédito diferentes e o Sicoob também oferecerá crédito especial. Na próxima semana, o Governo Estadual deverá publicar um decreto de regulamentação que permitirá a operacionalização da linha Bandes Reconstrução ES, do Banco de Desenvolvimento do Espírito Santo.

Os comerciantes também foram instruídos sobre os procedimentos necessários para acessar as linhas de crédito. Além disso, foram destacadas ações da prefeitura voltadas a reduzir os gastos dos empreendedores nesse período de retomada, como o projeto de lei para garantir redução no valor da conta de água de vítimas da enchente.

“O reconhecimento do Estado de Calamidade Pública em Cachoeiro foi fundamental para garantir o acesso às linhas de crédito emergenciais; às ações para redução de impostos dos afetados e à possibilidade de repasse de recursos de fora do município. Trabalhamos em várias frentes para recuperar a nossa cidade e este é um momento de todos atuarem em conjunto”, destacou o prefeito Victor Coelho.

Welles Sérgio Ferreira foi um dos empreendedores presentes na reunião. Com a enchente, ele perdeu tudo o que tinha em sua academia de natação e hidroginástica, que ficava em um imóvel alugado na rua Moreira, no bairro Independência.

“A reunião serviu para esclarecer muita coisa e nos dar um norte daqui para a frente. Já estou atrás de outro lugar para instalar a academia e começar tudo de novo. Tenho que atender os alunos, o trabalho não pode parar”, comentou.

Vistoria e apoio da Sala do Empreendedor

Equipes da Defesa Civil de Cachoeiro intensificaram os trabalhos de vistoria dos imóveis comerciais e residenciais da região central da cidade que foram afetados pela enchente. O relatório de vistoria do órgão é um dos documentos que ajuda a comprovar os danos sofridos por comerciantes, o que é essencial para acesso às linhas de crédito emergenciais.

As instituições financeiras também estão aceitando como comprovante dos danos sofridos um documento oficial emitido pelo Corpo de Bombeiros ou pela própria prefeitura. A Sala do Empreendedor, localizada no segundo piso do Shopping Cachoeiro, está oferecendo orientações e realizará, a partir de terça-feira (4), uma força-tarefa junto ao Governo do Estado para prestar todo o atendimento necessário aos comerciantes.

“Foram mais de 500 estabelecimentos afetados, com prejuízo de cerca de R$ 120 milhões. Como a demanda é muito grande, vamos criar um cronograma de atendimentos, que será divulgado em breve. Contamos com a compreensão de todos neste momento tão delicado”, completa o secretário municipal de Desenvolvimento Econômico, Francisco Montovanelli.