Incentivo à emissão da nota

Conheça os sorteados da campanha Nota Fiscal Premiada de Produtor Rural

Sorteio dos prêmios foi realizado na 15º Feira de Negócios de Cachoeiro
Foto: Márcia Leal/PMCI

Produtores sorteados na campanha “Nota Fiscal Premiada de Produtor Rural”, promovida pela Prefeitura de Cachoeiro, receberam prêmios, nesta quinta-feira (26), na 15ª Feira de Negócios e Agroturismo e Semana do Comércio e do Empreendedor. O sorteio foi realizado no primeiro dia do evento, que acontece no Parque de Exposição do bairro Aeroporto.

Participaram da campanha mais de 2.070 produtores rurais, com mais de 36 mil cupons. Os prêmios sorteados foram dez motosserras, dez roçadeiras profissionais, uma motocicleta, um micro trator e uma pick up de cabine simples.

Os ganhadores das dez motosserras foram: Rodrigo Belique, Josefina Buzato, Jordânia Porto, Mike Faria Siqueira, Josimar Alves Ferreira, José Lucino de Oliveira, Eloir Rodrigues, Hélio Romualdo de Souza, Osvaldo Perim e Valquíria Oliveira Machado.

O que levaram as dez roçadeiras profissionais foram: Jovino Rodrigues Filho, Eraldo Campana, Sebastião de Brito, Ademar Pessini, Constancio Gardengo, Mauro Pacífico Vieira, Maria Madalena Batista Machado, Pedro Bedim Neto, Arão Girardi e Walter Falsoni.

O vencedor do microtrator foi o agropecuarista José Maria Pinheiro Furtado. “Eu fiquei muito feliz. É um presente que vai chegar para ajudar nossa produção e trabalho”, afirma.

Francisco Carlos Feliz da Silva, produtor de café de Pacotuba, ganhou uma motocicleta novinha. “Achei até que estivesse sonhando! Esse prêmio não poderia ter vindo em hora melhor. Era um sonho antigo e, agora, graças a Deus, eu consegui. Estou muito grato”, disse.

Já quem levou para casa a pick up 0 km foi Francisco Carlos Bisoli, produtor que também mora em Pacotuba. Ele afirma: “Esse carro vai ajudar muito no nosso trabalho. Tirar a nota fiscal é muito importante e vou continuar fazendo isso e incentivo os produtores a fazerem o mesmo”, frisou.

A campanha foi lançada em 2019, com o objetivo de incentivar o produtor rural a emitir nota fiscal em suas comercializações. Os produtores, ao entregarem as notas de faturamento, entre 2015 e 2019, tiveram direito a um cupom a cada R$ 5 mil vendidos. O sorteio seria realizado em 2020, durante a ExpoSul Rural, mas foi adiado por conta da pandemia.

De acordo com o secretário municipal de Fazenda, Márcia Guedes, já está sendo estudado o decreto para o lançamento da campanha para o próximo ano, com a possibilidade da ampliação de prêmios. “Nós esperamos que, para a próxima campanha, haja adesão de mais produtores. Emitir nota fiscal não representa nenhum custo adicional para os produtores e ainda beneficia muito o município, e nós queremos incentivá-los ainda mais”, salienta.