Conselho dos royalties aprova R$ 8 milhões para obras em seis bairros

Os recursos serão investidos em drenagem, pavimentação e construção de muro de contenção

Seis bairros de Cachoeiro de Itapemirim vão ganhar obras de infraestrutura com investimento de R$ 8 milhões do Fundo para Redução das Desigualdades Regionais, recursos provenientes dos royalties de petróleo e de gás natural.

O conselho municipal responsável pela fiscalização e aplicação desses recursos aprovou, nesta segunda-feira (11), os projetos elaborados e apresentados pela equipe técnica da Secretaria Municipal de Obras.

Para o bairro Aeroporto, serão cerca de R$ 2,1 milhões para obras de drenagem e pavimentação em 11 ruas: Presidente Getúlio Vargas, Júlio Marchetti, Ozório Calegário, José Mardegan, Hilda Tirello Sechini, Henrique Thompson, Cezira D’Agustinho, Durvalina G. Tonoli, José V. de Abreu Filho, Projetada e Maria Ferrari.

No Alto União, as ruas Moacyr Antônio da Silva, 1, 3, 4 e 5 vão receber melhorias em infraestrutura com construção de muro de contenção, drenagem e pavimentação, obras orçadas em R$ 1,9 milhão.

No bairro Rubem Braga, ganharão drenagem e pavimentação as ruas Antônio José da Silva, Wilson Duarte e projetada, um investimento de cerca de R$ 2 milhões.

No Bom Pastor, serão R$ 937 mil para pavimentação e drenagem das ruas Nedir Mastella, Severino João Celestrine e Flaudio Altoé.

Em região que compreende os bairros Gilson Carone e Agostinho Simonato, serão contempladas com obras de drenagem e pavimentação as ruas José Olímpio Gomes, Justino Francisco dos Santos, Francisco Rodrigues Almago, Geraldo Ambrósio e Projetada. O investimento é de R$ 1,1 milhão.

De acordo com a Semo, com os recursos para as obras garantidos, o próximo passo é preparação dos processos licitatórios para contratação das construtoras que vão executar o serviço.

“Estamos levando investimentos às regiões com infraestrutura deficitária, para urbanizar e melhorar a qualidade de vida nessas comunidades. É uma ação necessária para reduzir riscos de enchente, alagamento, deslizamentos e, também, garantir mobilidade a quem vive nessas áreas”, afirma o secretário municipal de Obras, José Santiago de Lima.

Em relação ao Gilson Carone, Santiago ressalta que o investimento recém-aprovado será a segunda etapa de um conjunto de obras no bairro. “Estamos finalizando a licitação para executar obras muito importantes em 19 ruas, na primeira etapa”, complementa.