170 atendimentos

Consultório na Rua completa um mês de funcionamento em Cachoeiro

Servidores realizam busca ativa de pessoas em situação de rua
Foto: Divulgação/PMCI

Após um mês de funcionamento em Cachoeiro, o programa Consultório na Rua, que visa ampliar o acesso da população em situação de rua aos serviços do Sistema Único de Saúde (SUS), já realizou 170 atendimentos a 74 pacientes, que são cadastrados e recebem acompanhamento.

Instituído no âmbito da Política Nacional de Atenção Básica, do Ministério da Saúde, o programa disponibiliza equipes multidisciplinares, que realizam serviços itinerantes, como atendimento médico, psicológico, social e outras especialidades articuladas à rede municipal de saúde.

Às segundas-feiras, os atendimentos acontecem na Praça de Fátima. Às terças e quartas-feiras, os servidores estão presentes, também, no Centro POP – Espaço Vida e na Casa de Passagem da Cáritas Diocesana de Cachoeiro de Itapemirim, respectivamente.

Além disso, o Consultório na Rua realiza buscas ativas nas ruas do município, para identificar e cadastrar pessoas que se enquadrem no público do programa.

“O público-alvo desse programa são pessoas que necessitam de uma maior atenção, por viverem em situações de grande vulnerabilidade social. O Consultório na Rua esta nos permitindo ampliar o acesso à saúde, tornando Cachoeiro uma cidade ainda mais humana”, destaca o prefeito Victor Coelho.

Atendimento integrado

De acordo com a Secretaria Municipal de Saúde (Semus), o programa requer uma forte articulação com a rede de apoio, com equipes de Estratégia de Saúde da Família (ESF), Centros de Atenção Psicossocial (Caps), serviços de urgência e emergência, instituições de assistência social e outras entidades civis ou públicas.

Em Cachoeiro, a equipe do Consultório está lotada na Unidade Básica Saúde do bairro Aquidaban, por apresentar localização central, oferecendo maior acessibilidade aos pacientes.