Inovação

Licitação para recapeamento de 17 vias será por Regime Diferenciado de Contratação

Será a primeira vez que a administração municipal adotará o Regime Diferenciado de Contratação (RDC), considerado mais eficiente
Foto: Divulgação/PMCI

A Prefeitura de Cachoeiro agendou para o próximo dia 10 de setembro a sessão pública de licitação da obra de recapeamento e pavimentação asfáltica de 17 vias urbanas do município. Será a primeira vez que a administração municipal adotará o Regime Diferenciado de Contratação (RDC).

Entre as vantagens do RDC, instituído pela Lei Federal 12.462/2011 e regulamentado no município pelo decreto 29.479/2020, estão a maior celeridade do procedimento licitatório e a economia de recursos públicos.

Uma das inovações mais significativas possibilitadas por essa modalidade é a chamada inversão de fases. A primeira etapa do processo é a apresentação das propostas de preços pelas empresas participantes do certame, e não a fase de habilitação das licitantes, como nas licitações convencionais. Com isso, primeiro, as empresas participam da disputa de preços, ofertando lances sucessivos até haver vencedor, que apresente o menor valor.

“O RDC é mais uma importante inovação que estamos implantando em Cachoeiro, para tornar mais ágil e eficiente os processos de contratação. Vamos estrear essa modalidade para acelerar a execução de um grande investimento na recuperação de importantes vias da nossa cidade”, disse o prefeito Victor Coelho.

As obras de recapeamento de mais de 12 mil metros lineares de vias públicas serão realizadas com recursos de convênio com o governo estadual, da ordem de R$ 16,4 milhões.

A previsão é de que sejam utilizados 21,4 mil toneladas de massa asfáltica na recuperação de 254,7 mil metros quadrados de ruas. Também deverão ser feitos mais de 32 mil metros lineares de meio-fio e 5,8 mil metros quadrados de novas sinalizações horizontais.

A escolha das vias a serem contempladas se deu após mapeamento de locais da cidade com grande circulação de veículos, incluindo as principais vias de acesso a Cachoeiro, que mais precisam de reparos estruturais, como a Linha Vermelha e as avenidas Fioravante Cypriano (Rodovia do Gavião) e Aristides Campos.

Confira a lista de vias contempladas:

  • Rua Dirceu Alves de Medeiros, no bairro Vila Rica (trevo da Ilha até avenida Nossa Senhora da Consolação)
  • Avenida Domingos Alcino Dadalto, entre os bairros Jardim Itapemirim e IBC (trevo do Sesi até a PF)
  • Avenida Fioravante Cypriano (Rodovia do Gavião) – Central Parque/Aeroporto
  • Rua Joana Carlete Fiório – Aeroporto (atrás do Parque de Exposições)
  • Avenida Rui Pinto Bandeira, no bairro de mesmo nome, até rodovia Ricardo Barbieri, no bairro Boa Vista (trevo até saída para Atílio Vivácqua)
  • Avenida José Félix Cheim (Linha Vermelha), com início no bairro Jardim América e término no bairro São Francisco De Assis (Casa das Panelas até subida da Revil)
  • Avenida Aristides Campos (Posto Senna, no bairro Gilberto Machado, até trevo da Selita)
  • Avenida Carly Levy Ramos, rua Brahim Depes, rua Alziro Viana e avenida Doutor Ubaldo Caetano Gonçalves – entre os bairros Aquidaban e Ibitiquara (posto da Ilha da Luz até os fundos do Tiro de Guerra)
  • Rua José Rosa Machado, no bairro Novo Parque (trevo da escola Inah Werneck até supermercado Polonini)
  • Rodovia Engenheiro Fabiano Vivácqua, entre os bairros Central Parque e Waldir Furtado Amorim (trevo da Coca-Cola até o Bolo de Noiva)
  • Avenida Francisco Mardegan até avenida Jones dos Santos Neves, entre os bairros Waldir Furtado Amorim e Jardim América (Bolo de Noiva até trevo de Jardim América)
  • Ruas Costa Pereira, Jerônimo Ribeiro e Dona Joana, no Centro