Nova onda

Alerta: casos de Covid em janeiro já superam os de dezembro em Cachoeiro

Vacinação, uso de máscara e testagem continuam sendo medidas fundamentais
Foto: Divulgação/PMCI

O número de casos confirmados de Covid-19 em janeiro, em Cachoeiro, chegou a 212*, nesta quinta-feira (13), 52% a mais do que o registrado em todo o mês de dezembro (139). Os dados são do painel da Secretaria de Estado da Saúde (Sesa).

Nenhuma morte pela doença* foi registrada em 2022, no município, até o momento, um sinal dos efeitos positivos da campanha de vacinação. Ainda assim, a disparada no número – que acompanha tendência verificada em todo o Brasil, principalmente, por causa da disseminação da variante Ômicron – pode sobrecarregar o sistema de saúde, que também está tendo de lidar com uma epidemia de gripe no país.

Diante disso, a Secretaria Municipal de Saúde (Semus) e o Serviço de Comando Operacional (SCO) para combate à pandemia no município alertam a população para que os protocolos sanitários sejam mantidos: uso de máscara, distanciamento social e higienização das mãos.

Também é fundamental completar o esquema vacinal contra a Covid-19, tomar a dose de reforço, quando for o momento, e se vacinar contra a Influenza. A vacinação ocorre de segunda a sexta-feira, das 8h às 15h, nas Unidades Básicas de Saúde (UBS) e na Policlínica Municipal Bolívar de Abreu, bem como em pontos itinerantes colocados pela Semus.

Outra ação importante é a ampliação dos locais para teste, que pode ser feito nas UBS, nos prontos atendimentos, na praça Jerônimo Monteiro e, a partir de segunda-feira (17), no Shopping Cachoeiro. A testagem é fundamental para o controle epidemiológico. Quem testar positivo deverá fazer isolamento.

“Mesmo que a vacinação seja essencial para evitar casos graves e óbitos, estar vacinado não é garantia de não contaminação. Os sintomas da Covid-19 são debilitantes, mesmo em casos leves, e a grande procura por atendimento congestiona o sistema de saúde, incluindo a rede privada”, alerta o secretário municipal de Saúde, Alex Wingler.

“O avanço na vacinação e o período de férias e festas, possivelmente, contribuíram para um maior relaxamento da população, mas ainda temos uma desafiadora batalha contra a pandemia, não podemos abandonar as medidas preventivas”, destaca o vice-prefeito de Cachoeiro e secretário Municipal de Governo e Planejamento Estratégico, Ruy Guedes, que também coordena o SCO.

*Dados coletados às 17h20 de 13/01/2022.