Violência doméstica

Creas fortalece articulação com delegacia de atendimento à mulher

Objetivo é aproximar vítimas de violência dos serviços de acompanhamento psicossocial
Foto: Divulgação/PMCI

O Centro de Referência Especializado de Assistência Social (Creas) de Cachoeiro fortaleceu sua articulação com a Delegacia Especializada de Atendimento à Mulher (Deam), para oferecer seus serviços às mulheres que são vítimas de casos de violência registrados pelo órgão policial.

Há um mês, o Creas disponibiliza profissional para agendar, diretamente na Deam, o atendimento de mulheres violentadas com a equipe técnica do Serviço de Proteção e Atendimento Especializado a Famílias e Indivíduos (Paefi).

A medida foi tomada em função do aumento do número de casos de violência atendidos na delegacia durante a pandemia.

“De abril até meados de julho, atendemos 106 mulheres por meio do Paefi, com um aumento significativo no mês presente, o que se deve à nossa presença na Deam. Essa é uma estratégia necessária para aproximarmos nossos serviços das mulheres que têm direitos violados. É uma busca ativa de vítimas”, afirma a secretária municipal de Desenvolvimento Social, Márcia Bezerra.

O Paefi oferece às vítimas atendimento com assistente social e psicólogo, com objetivo de ajudá-las a superar e romper a situação de violência. O acompanhamento individual tem sido feito de forma presencial, a partir de agendamento, e, também, por telefone, em virtude da pandemia.

“Após avaliação, a equipe técnica define qual a melhor forma de acompanhamento e a frequência do mesmo, porque cada caso é diferente”, explica a secretária.
Demanda espontânea

O Creas também atende a demandas espontâneas. Mulheres vítimas de qualquer tipo de violência podem entrar em contato pelo telefone 3155-5303, de segunda a sexta, das 8h às 14h, para agendar o atendimento com a equipe do Paefi.

Ouvidoria das Mulheres e outros canais de denúncias

A denúncia é essencial no combate à violência contra a mulher. Um dos canais recomendados pelo Creas é a recém-criada Ouvidoria das Mulheres, integrante da Ouvidoria Nacional do Ministério Público, órgão do Conselho Nacional do Ministério Público (CNMP).

O atendimento é feito telefone/WhatsApp (61) 3315-9476 e pelo e-mail ouvidoriadasmulheres@cnmp.mp.br.

Outro importante canal de denúncia é o telefone 180 (Central de Atendimento à Mulher). O telefone da Delegacia Especializada de Atendimento à Mulher de Cachoeiro é o (28) 3155-5084.