Fiscalização

Disk Aglomeração: 87% das denúncias apuradas em julho foram improcedentes

Central funciona 24h, acolhendo demandas relacionadas a desrespeito às medidas restritivas
Foto: Márcia Leal/PMCI

A equipe de Fiscalização da Prefeitura de Cachoeiro de Itapemirim apurou, em julho, 769 denúncias de desrespeito às medidas restritivas em estabelecimentos comerciais encaminhadas por meio do Disk Aglomeração. Entretanto, apenas 12,64% (cerca de 97 denúncias) tiveram procedência efetiva.

“Somente no mês de julho, os fiscais fizeram 517 visitas a bairros e distritos, resultando em 3.077 estabelecimentos vistoriados, 129 notificações expedidas e um estabelecimento fechado. Não sabemos ao certo o porquê das denúncias improcedentes no Disk Aglomeração, mas é importante que as pessoas estejam mais atentas na hora de denunciar, evitando prejuízos ao planejamento de trabalho dos fiscais”, comenta o secretário municipal de Desenvolvimento Urbano, Jonei Petri.

O Disk Aglomeração é uma central de atendimento que pode ser acionada 24 horas pela população, para contribuir com as ações rotineiras de fiscalização da prefeitura. Qualquer cidadão pode fazer denúncias sobre desrespeito a regras de funcionamento das atividades econômicas; aglomeração em estabelecimentos e em outros locais; uso irregular de máscaras; dentre outras.

Denúncias relacionadas à perturbação do sossego em imóveis residenciais, porém, não são acolhidas pelo Disk Aglomeração. Nesses casos, o correto é acionar o Centro Integrado Operacional de Defesa Social (Ciodes), por meio do telefone 190, para que sejam tomadas as medidas cabíveis.

A central também não faz contatos de retorno ao cidadão denunciante, mas qualquer pessoa pode fazer contato quantas vezes considerar necessário. Todas as demandas são registradas e encaminhadas para a equipe de Fiscalização ou para a Guarda Civil Municipal (GCM), dependendo do tipo de ocorrência.

Desse modo, o Disk Aglomeração serve como um sistema de auxílio ao trabalho rotineiro dos fiscais e dos guardas-civis, contribuindo para mapear os locais que necessitam de ações mais frequentes. Até a tarde desta segunda-feira (3), 2.276 denúncias haviam sido atendidas – contando a partir do mês de maio, quando o sistema entrou em funcionamento.

“Estamos conseguindo atender à maior parte das denúncias que chegam até nós por meio do Disk Aglomeração. Entretanto, o volume de demandas é imenso, por isso, pedimos à população que continue adotando as medidas necessárias para o combate à pandemia e utilize bem esse canal de denúncias”, afirma Ruy Guedes, coordenador do Sistema de Comando de Operações (SCO) para enfrentamento à Covid-19 em Cachoeiro.

O Disk Aglomeração pode ser acionado pelo telefone 153 e pelo site cachoeiro.es.gov.br/ouvidoriageral.