Encerramento do Maio Amarelo terá simulação de resgate e serviços

Programação será realizada nesta quarta (30), na praça Jerônimo Monteiro

O encerramento da campanha Maio Amarelo em Cachoeiro será marcado com atividades na praça Jerônimo Monteiro, Centro. Organizada pela prefeitura, por meio da Secretaria Municipal de Segurança e Trânsito (Semset), a mobilização acontece nesta quarta-feira (30), a partir das 16h.

O evento terá a participação de representantes do executivo e legislativo municipais, do 9º Batalhão de Polícia Militar, do Detran-ES, do Corpo de Bombeiros, do Sest Senat, da faculdade Multivix e do Centro de Referência Regional em Saúde do Trabalhador (Cerest-CI).

A programação no local inclui simulação de resgate a vítimas de acidente automobilístico, exposição de veículo acidentado, aferição de pressão arterial e glicemia, orientação jurídica e, também, na área da saúde e massoterapia.

Haverá, ainda, distribuição de panfletos alusivos ao Maio Amarelo, que será feita pela equipe do departamento de Educação Cidadã da Semset, com o apoio do Sest Senat, no semáforo da Jerônimo Monteiro e em outros da região central.

“Na busca da melhoria do trânsito em nossa cidade, trabalhamos de forma permanente em três frentes: sinalização viária, fiscalização e educação. Mas somente as ações do poder público não são suficientes para que alcancemos um trânsito mais humano. Daí a importância do movimento do Maio Amarelo, com o qual buscamos conscientizar as pessoas de que todos nós somos partes do trânsito”, destaca o secretário municipal de Segurança e Trânsito, Ruy Guedes.

Palestras tiveram presença de 3,5 mil pessoas

Durante este mês, além de panfletagens voltadas a pedestres e condutores, o departamento de Educação Cidadã orientou cerca de 3.500 pessoas sobre o tema do Maio Amarelo, em palestras promovidas em escolas, igrejas e empresas.

A campanha foi levada à Ação Global no município – que ocorreu na sede local do Senai, no último sábado (26) – e ao Shopping Cachoeiro, onde, em parceria com o Corpo de Bombeiros, houve simulação de resgate a motociclista acidentado.

Sobre o movimento

O Movimento Maio Amarelo, lançado pela ONU, tem a proposta de chamar a atenção da sociedade para o alto índice de mortes e feridos no trânsito em todo o mundo. É uma ação coordenada entre o poder público e a sociedade civil para colocar em pauta o tema segurança viária e mobilizar toda a sociedade, envolvendo os mais diversos segmentos.

O movimento segue preceitos da Década de Ações para a Segurança no Trânsito (2011-2020), criado em 2011 pela Organização das Nações Unidas (ONU), e da Semana Mundial de Segurança do Pedestre, que ficou conhecida como Campanha Zenani Mandela, em memória à neta de Nelson Mandela, vítima fatal de acidente de trânsito na África do Sul em 2010, aos 13 anos.