1º ao 9º ano

Escolas municipais de Cachoeiro recebem notebooks para alunos

São, ao todo, 1.800 computadores, para 46 unidades escolares
Foto: Divulgação/PMCI

Em Cachoeiro, as escolas municipais que atendem turmas do 1° ao 9° ano do ensino fundamental terão chromebooks (notebooks) para os alunos. A Secretaria Municipal de Educação iniciou a entrega dos equipamentos, nesta sexta-feira (26), em cerimônia realizada na Emeb “Prof. Pedro Estellita Herkenhoff”, no bairro BHN de Baixo.

São, ao todo, 1.800 computadores, para 46 unidades escolares. O investimento na aquisição dos equipamentos é de mais de R$ 3 milhões.

O recurso tecnológico poderá ser utilizado nas aulas de todas as disciplinas, dinamizando as atividades pedagógicas e enriquecendo a aprendizagem. Visitas virtuais a museus e cidades antigas durante aulas de história, vídeos e jogos voltados à alfabetização e uso de imagens interativas para melhor compreensão dos conteúdos de ciências são algumas das possibilidades.

Os professores passarão por formação para explorarem, da melhor forma, as potencialidades do equipamento. A novidade foi bem recebida pelos alunos.

“Achei muito bom. Vai nos fazer ter mais atenção, interesse nas aulas. Ajudará na hora de aprender”, avalia Ágatha Pacheco, estudante do 8° ano.

A secretária de Educação de Cachoeiro, Cristina Lens, destaca que é fundamental sempre buscar ferramentas que potencializem o processo de ensino-aprendizagem e o desenvolvimento de saberes e habilidades dos alunos. “Precisamos acompanhar a evolução tecnológica para oferecer um ambiente escolar sempre interessante e atrativo”, salientou.

O prefeito Victor Coelho participou da entrega e enumerou alguns dos investimentos mais recentes feitos na rede municipal de ensino.

“Nossos alunos merecem essa conquista, que vai agregar muito ao aprendizado. É mais uma grande entrega para área da educação. Já adquirimos notebooks para os professores, estamos atualizando o piso salarial desses profissionais, melhoramos nossos prédios escolares, estamos investindo em conectividade. E seguiremos fazendo para garantir uma educação pública cada vez melhor”, ressaltou.