A partir de quarta (20)

Escolas municipais de Cachoeiro voltarão a funcionar sem rodízio de alunos

Retomada das aulas sem revezamento será na quarta-feira (20)
Foto: Márcia Leal/PMCI

A partir da próxima quarta-feira (20), as aulas presenciais, nas escolas da rede municipal de Cachoeiro, voltarão a ser realizadas sem o sistema de rodízio de estudantes, medida que foi adotada como protocolo de segurança contra a Covid-19.

O fim do revezamento foi autorizado pelo governo estadual, com a publicação da Portaria Conjunta Sedu/Sesa nº 07-R, de 06 de outubro.

Foram consideradas, para isso, a ampla cobertura vacinal contra a Covid-19 no estado – em especial, entre os trabalhadores da educação; a efetividade dos protocolos preventivos adotados; as condições de testagem em massa e as experiências consolidadas, em diversas nações, com o retorno seguro das atividades escolares em contextos de baixa transmissão da doença associada ao avanço da vacinação nos territórios.

Seguirá sendo obrigatório, para alunos e servidores, o uso de álcool em gel, máscaras e demais equipamentos de proteção individual. As unidades de ensino deverão priorizar atividades em áreas externas, com espaços amplos e arejados, além de garantir medidas que respondam às necessidades dos estudantes público-alvo da educação especial.

O distanciamento físico nas salas de aula será de 1,5 m² por criança na educação infantil e de 1,2 m² por estudante nos demais níveis de ensino.

A Secretaria Municipal de Educação esclarece que só estarão autorizados a continuar em aulas remotas os estudantes que tenham laudo médico contraindicando a atividade presencial.

“As escolas estão adotando todas as medidas necessárias para o retorno seguro dos nossos estudantes. Esse retorno integral possibilitará a retomada da rotina escolar, contribuindo para diminuir o impacto sobre os processos de desenvolvimento e de aprendizagem causados pela pandemia. Além disso, garantirá as interações vividas no contexto escolar, fortalecendo a formação plena dos estudantes”, avalia a secretária municipal de Educação, Cristina Lens.

Últimas notícias