Em São Paulo

Estudantes de Cachoeiro disputam as Paralimpíadas Escolares

Seis cachoeirenses integram a delegação capixaba na competição
Foto: Divulgação/PMCI

Seis jovens paratletas cachoeirenses integram a delegação capixaba que disputa a edição 2022 das Paralimpíadas Escolares, em São Paulo, aberta na última segunda-feira (21).

Até o próximo sábado (26), os competidores estarão divididos em 14 modalidades, e Cachoeiro terá representantes em cinco delas: natação (Alice Mardegan), parabadminton (Kauã Barbosa), vôlei sentado (Weller Cruz), tênis de mesa (Gabriel Adão) e atletismo (Guilherme Moraes e Gabriel da Silva).

Para participar da competição, os paratletas contam com apoio da Secretaria de Estado de Esporte e Lazer (Sesport) e da Secretaria Municipal de Esporte, Lazer e Qualidade de Vida (Semesp) de Cachoeiro.

“As Paralimpíadas Escolares são um evento importantíssimo para o fortalecimento dos esportes adaptados. É uma maneira de promover os valores esportivos e descobrir novos talentos. Desejamos sorte aos nossos estudantes nessa competição. Temos certeza que Cachoeiro será muito bem representada”, afirma Ramon Silveira, secretário municipal de Esporte, Lazer e Qualidade de Vida, que lembra que dois dos paratletas que participam do evento são bolsistas do programa Bolsa Esporte Cachoeiro.

Promovido pelo Comitê Paralímpico Brasileiro (CPB), as Paralimpíadas Escolares são o maior evento para crianças com deficiência em idade escolar. O objetivo é estimular a participação dos estudantes em atividades esportivas de escolas de todo o território nacional, promovendo ampla mobilização em torno do esporte adaptado.

O público poderá acompanhar a transmissão de algumas modalidades da competição, ao vivo, por meio do perfil oficial do CPB no aplicativo TikTok.

Bolsa Atleta Cachoeiro

Selecionados via edital, os atletas do Bolsa Atleta Cachoeiro recebem auxílio financeiro mensal, pelo período de 12 meses, no valor de R$ 200, na categoria estudantil; R$ 400, na estadual e R$ 500, para os competidores em nível nacional.

O programa é concedido para custear gastos com: alimentação; assistência médica, odontológica, psicológica, nutricional e fisioterápica; medicamentos; suplementos alimentares; transporte para participar de treinamentos e competições; aquisição de material esportivo e vestimenta; pagamentos de técnicos e de mensalidades de academia de ginástica. Neste ano, 23 atletas foram contemplados.