ExpoSul firma parcerias para realização da terceira edição do evento

Uma comitiva liderada pelo prefeito Victor Coelho cumpriu agenda em Vitória

A terceira edição da ExpoSul Rural, feira de agronegócios da região sul capixaba que será realizada em abril, em Cachoeiro de Itapemirim, foi tema de reunião entre realizadores do evento e potenciais parceiros, nesta quinta-feira (24), em Vitória.

Uma comitiva liderada pelo prefeito Victor Coelho cumpriu agenda na Secretaria de Estado de Desenvolvimento (Sedes), no Sebrae-ES, na Secretaria de Estado da Agricultura, Abastecimento, Aquicultura e Pesca (Seag) e na Agência de Desenvolvimento das Micro e Pequenas Empresas e do Empreendedorismo (Aderes).

O grupo apresentou os resultados das edições de 2017 e 2018 da feira e o projeto para este ano. O evento será entre os dias 10 e 14 de abril, no Parque de Exposições de Cachoeiro, e vai congregar as principais cadeias produtivas rurais presentes em 29 municípios da região sul do Espírito Santo.

A expectativa é reunir 350 expositores, entre empresas, criadores e agricultores familiares, e alcançar um público de 100 mil visitantes nos cinco dias da feira, que tem como um de seus pilares o incentivo ao desenvolvimento rural sustentável.

“Queremos em 2019 avançar em negócios, sustentabilidade, tecnologia e inovação na ExpoSul. Para isso, é importante essa parceria do governo do Estado, que caminha nessa direção no setor do agronegócio. A ExpoSul não é de Cachoeiro, ela acontece em Cachoeiro. A ExpoSul é do capixaba”, salientou Victor Coelho.

O superintendente do Sebrae-ES, Pedro Rigo, disse que o papel do Sebrae é se aproximar cada vez mais do produtor rural. “Nesse sentido, é importante fortalecer a parceria com a ExpoSul”, destacou. Também acenou com a possibilidade de apoio o futuro secretário de Estado da Agricultura, Abastecimento, Aquicultura e Pesca, Paulo Foletto.

“A ExpoSul tem um conceito moderno de negócio, o foco é o produtor rural e a integração entre os municípios. Isso as secretarias e entidades já entenderam, e mantêm o apoio”, disse Wesley Mendes, participante da comitiva e presidente do Sindicato Rural de Cachoeiro, organização parceira da prefeitura na realização da feira.

Na Sedes, o grupo foi recebido pelo secretário Heber Resende. “Cachoeiro e os demais municípios da Região Centro Sul são importantes geradores de riquezas do nosso Estado. É importante conhecermos as principais demandas dessas cidades, para que possamos implantar novas técnicas e ações que favoreçam o desenvolvimento regional de forma sustentável e equilibrada, gerando emprego e renda para os capixabas”, afirmou secretário Heber Resende.

“Há uma grande afinidade entre a ExpoSul e a visão da Sedes, no que diz respeito ao foco no desenvolvimento regional do sul do estado, à oferta de oportunidades de negócios e à difusão de tecnologia agropecuária. Saímos da reunião satisfeitos com a possibilidade da participação da Sedes na ExpoSul”, o secretário de Agricultura e Interior de Cachoeiro, Robertson Valladão.

R$ 6 milhões em negócios

Organizadores da Exposul Rural, a prefeitura de Cachoeiro e o Sindicato Rural do município apostam, também, nos impactos econômicos positivos da feira. A expectativa é movimentar, pelo menos, R$ 6 milhões em negócios e gerar 1.200 postos de trabalho temporário na semana do evento.

O foco da feira é a integração regional, através da participação dos municípios e o intercâmbio entre o homem do campo, as novas tecnologias e o mercado consumidor. Além da realização de negócios, a ExpoSul promove atividades técnicas, degustações, exposições de serviços e equipamentos, atividades de grande participação popular e ações de marketing diversas. A Exposição Agropecuária anual de Cachoeiro integra o evento.