Rua Bernardo Horta

Fiscalização abordou transporte clandestino em Cachoeiro

14 veículos irregulares foram abordados em ação na semana passada
Foto: Divulgação/PMCI

Fiscais de transporte e agentes de trânsito da Prefeitura de Cachoeiro atuaram em conjunto, na última quinta-feira (21), em nova operação para coibir o transporte clandestino de passageiros e infrações de trânsito na rua Bernardo Horta, no bairro Guandu.

Com apoio da Guarda Civil Municipal (GCM) e da Polícia Militar (PM), a ação foi realizada em um ponto da via que tem sido usado por motoristas sem vinculação com aplicativos de transporte para o embarque de passageiros. Além disso, é proibido estacionar o veículo no local.

Foram feitas 14 abordagens a veículos, que resultaram em dez autos de infração de trânsito (por estacionamento irregular) e quatro procedimentos administrativos fiscais contra condutores suspeitos de praticar o transporte clandestino.

Também foram emitidos, pelos fiscais de transporte, quatro autos de infração para taxistas de outras praças que usavam o ponto de táxi naquela área, o que é proibido.

A Secretaria Municipal de Urbanismo, Mobilidade e Cidade Inteligente (Semurb), que coordena a operação, alerta a população para que não use o serviço clandestino de transporte, pelos riscos que pode representar, como a condução por motoristas sem habilitação, veículos em más condições para circulação e a falta de segurança para o passageiro.

Para ajudar no combate a essa prática irregular, os cachoeirenses devem fazer denúncias à Ouvidoria Geral do Município. Os canais disponíveis, de segunda a sexta, das 7h às 17h, são os telefones 156 e (28) 3155-5237 e o WhatsApp (28) 98814-3357. Também é possível fazer o registro, a qualquer hora, pelo Portal do Cidadão (cachoeiro.es.gov.br/ouvidoriageral), pelo e-mail: ouvidoria@cachoeiro.es.gov.br e pelo aplicativo “Todos Juntos”.