Medidas restritivas

Fiscalização vistoriou mais de 1 mil estabelecimentos comerciais em maio

Cachoeiro segue em risco alto para Covid-19
Foto: Márcia Leal/PMCI

As equipes de Fiscalização da Prefeitura de Cachoeiro de Itapemirim realizaram 1.094 vistorias em estabelecimentos comerciais em maio, para verificação do cumprimento das normas restritivas contra a Covid-19. O trabalho foi realizado a partir de 297 visitas a bairros e distritos.

Além das ações rotineiras, foram apuradas 202 denúncias de desrespeito às normas. No total, foram expedidas 25 notificações para que os proprietários dos estabelecimentos se adequassem às regras.

Nesta semana, Cachoeiro passou para “risco moderado” para Covid-19. Por isso, os moradores devem se adequar às medidas restritivas previstas para esse caso – confira aqui.

Durante o mês de maio, também foram realizadas ações de conscientização a respeito do uso obrigatório. Nesta terça-feira (1), passou a valer a multa para quem se recusar a utilizar o item de proteção contra o coronavírus, e o desrespeitos à regra em ambientes fechados é considerado um agravante.

“O trabalho de fiscalização continua, sempre priorizando o diálogo com a população e os comerciantes. Ainda estamos em um momento muito delicado da pandemia e precisamos da colaboração de todos”, destaca o vice-prefeito de Cachoeiro, Ruy Guedes, que coordena o Sistema de Comando Operacional (SCO) contra a Covid-19 no município.

Denúncias de desrespeitos às normas restritivas podem ser encaminhadas ao Disk Aglomeração pelo telefone 153 – todos os dias, das 7h às 17h. O contato também pode ser feito, em qualquer horário, pelo site www.cachoeiro.es.gov.br/ouvidoriageral, pelo aplicativo de celular “Todos Juntos” ou pelo WhatsApp do Cachoeiro Online (28 98803-9552).