Saúde financeira

Fundo previdenciário do Ipaci mais que dobrou em quatro anos

Dado foi apresentado em audiência pública on-line, na semana passada
Foto: Divulgação/PMCI

O fundo previdenciário do Ipaci, instituto de previdência dos servidores municipais de Cachoeiro de Itapemirim, cresceu cerca de 117% no período de 2016 a 2020, quando chegou à casa dos R$ 346 milhões. Esse foi um dos dados apresentados na audiência pública realizada pela autarquia, na última semana.

A audiência foi transmitida por meio do canal do Ipaci no YouTube (IPACI RPPS), onde segue disponível para que servidores ativos e aposentados e demais interessados possam conferir a apresentação do relatório de gestão, além de um seminário sobre educação financeira.

Na ocasião, o diretor presidente do Ipaci, Eder Botelho, explicou o crescimento do fundo previdenciário, que se destina ao pagamento de benefícios previdenciários aos servidores efetivos e seus dependentes.

Além da política de investimentos adotada, Botelho destacou o aumento da arrecadação resultante do novo plano de cargos e salários dos servidores da Prefeitura no final de 2019, o aumento da alíquota do segurado (por força da Emenda Constitucional 103/2019) e, ainda, o pagamento em dia das contribuições pelos entes patrocinadores (Prefeitura e Câmara Municipal), que proporcionou a manutenção do equilíbrio financeiro e atuarial.

Também foram realizadas na audiência a prestação de contas sobre Estudo Atuarial, apresentada pelo atuário Richard Dutzmann, coordenador nacional da Comissão de Estudos da Previdência Pública do Instituto Brasileiro de Atuária (IBA), e uma apresentação sobre os investimentos do Ipaci feita pelo diretor financeiro e presidente do Comitê de Investimentos do instituto, Hudson Dessaune.

O seminário sobre educação financeira encerrou o evento, tendo sido ministrado por Jorge Rafael Silva, profissional habilitado pelo Banco Central do Brasil para palestrar sobre o tema.

A audiência pública é uma ação prevista no manual do Pró-Gestão RPPS (Programa de Certificação Institucional e Modernização da Gestão dos Regimes Próprios de Previdência Social). O Ipaci conseguiu a certificação do Nível II do programa, que reconhece as boas práticas na gestão dos RPPS.