Gestão da frota da prefeitura de Cachoeiro vira referência

Nesta semana, servidores da prefeitura de Santa Leopoldina conheceram o modelo cachoeirense

Implantado há apenas quatro meses, o modelo de manutenção e gestão de frota da prefeitura de Cachoeiro já está se tornando referência no estado. A Secretaria Municipal de Gestão de Transportes (Semtra) tem recebido representantes de cidades capixabas interessadas em conhecer melhor o sistema, que tem garantido economia aos cofres públicos e ampliado o número de veículos circulantes.

A última visita foi feita, nesta semana, por servidores da prefeitura de Santa Leopoldina, município da região Central Serrana. Também já foram atendidas equipes de Iúna, Jerônimo Monteiro, Castelo e Itapemirim.

Em Cachoeiro, a compra de peças e a contratação de serviços de manutenção são feitas a partir de plataforma online, que garante acesso a uma ampla rede credenciada de oficinas mecânicas e autopeças.

Essa logística virtual agiliza a realização dos reparos e consertos, e o leque variado de fornecedores garante serviços de qualidade com preços mais competitivos.

“A cada prestação de serviços são realizadas cotações de preço dentro sistema, o que garante maior transparência, a escolha pelo menor valor orçado, sempre, e a qualidade de produtos e serviços das empresas credenciadas, que precisam cumprir uma série de exigências para se tornarem nossas fornecedoras”, explica o secretário de Gestão de Transportes de Cachoeiro, Alexandro da Vitória.

Resultados

Com esse sistema, a prefeitura de Cachoeiro recuperou, até o momento, cerca de 80 veículos, avaliados em aproximadamente R$ 7 milhões. O gasto com os serviços gira em torno de 10% desse valor, sendo que se os mesmos fossem feitos dentro dos critérios contratuais antigos, gerariam um impacto maior nos custos. Assim, foi possível aumentar o número de veículos circulando, ampliando serviços oferecidos à população.

“Os representantes de outras prefeituras nos procuram para entender o funcionamento do nosso contrato de manutenção e, de forma mais abrangente, de todo o sistema de gestão que implantamos neste ano. É gratificante saber que o trabalho que temos feito está repercutindo para além dos limites do nosso município”, disse Alexandro da Vitória.

Depois de conhecer o modelo cachoeirense de gerenciamento de frota, a prefeitura de Itapemirim segue os mesmos passos. “Os resultados positivos que a prefeitura de Cachoeiro alcançou chamaram a nossa atenção. Então buscamos informações sobre a forma de gestão adotada, recebemos todas as explicações da Semtra e logo decidimos por seguir o mesmo caminho. É um sistema transparente e que garante celeridade aos serviços de manutenção, além de redução de custos”, destaca o secretário de Transportes de Itapemirim, Maycon dos Santos.