Pandemia

Mais de 5 mil pessoas abordadas em 11 dias de barreiras sanitárias

Condutores e passageiros têm medição de temperatura e recebem materiais de conscientização
Foto: Márcia Leal/PMCI

O trabalho com barreiras sanitárias e educativas em locais limítrofes de Cachoeiro de Itapemirim teve início no dia 8 de maio. Até a manhã desta segunda-feira (18), 5.927 pessoas de 2.534 veículos foram abordadas para medição de temperatura e entrega de materiais informativos e de higiene, contribuindo para o combate à Covid-19 realizado pela Prefeitura de Cachoeiro.

As barreiras sanitárias são colocadas, diariamente (exceto aos domingos), nas principais vias de acesso ao município, com o objetivo de identificar possíveis casos suspeitos de Covid-19 vindos de outros municípios e conscientizar a respeito das medidas de higiene. As poucas pessoas que apresentaram sintomas durante as abordagens foram orientadas a procurar unidades de saúde.

O principal ponto de barreira fica na rodovia BR 482 (Cachoeiro X Safra), em frente ao antigo Horto União, mas também já foram colocadas barreiras: na ES 164 (Cachoeiro X Vargem Alta), em dois pontos diferentes; na ES 482, em frente ao Posto Rodoviário de Coutinho; na BR 393 (Cachoeiro X Muqui) e no entroncamento entre as rodovias ES 488 (Rodovia do Frade) e ES 482 – trevo após o Centro de Detenção Provisória (CDP).

As barreiras sanitárias, nos locais limítrofes, acontecem sempre das 8h às 11h. O trabalho é realizado por servidores das secretarias municipais de Saúde (Semus), Desenvolvimento Urbano (Semdurb), Segurança (Semseg) e Esporte e Lazer (Semesp), com apoio da Polícia Militar. Também há barreiras na rodoviária municipal e no terminal rodoviário da avenida Beira Rio.

“Muitas pessoas passam todos os dias pelos locais de acesso a Cachoeiro, mas temos uma equipe multissetorial para realizar esse importante trabalho. Seguimos firmes no combate à pandemia”, destaca o prefeito Victor Coelho.