Mês de maio terá ações para reduzir mortes no trânsito de Cachoeiro

Panfletagem na região central da cidade será uma das atividades da programação

Começam em Cachoeiro de Itapemirim, na próxima terça-feira (2), as ações do movimento Maio Amarelo, que tem como finalidade chamar a atenção da população para o alto índice de mortes e feridos no trânsito.

Nesse dia, o Departamento de Educação Cidadã e Trânsito da prefeitura – ligado à Secretaria de Defesa Social de Cachoeiro (Semdef) – estará na Câmara Municipal, a partir das 14h15, para realizar a abertura oficial da campanha.

“Vamos aproveitar para nos pôr à disposição dos vereadores, para estender a programação às suas comunidades”, explica o coordenador local do movimento e servidor da Semdef, Paulo Bento, frisando o objetivo de propô-la, também, às associações de moradores.

Durante todo o mês, de acordo com ele, panfletos informativos serão distribuídos a motoristas e pedestres nos principais semáforos da região central da cidade.

O coordenador destaca que esses materiais educativos vão ser colocados, também, em para-brisas de veículos estacionados no Centro. Ainda dentro da agenda do Maio Amarelo, acrescenta, haverá palestras em empresas de ônibus, cooperativas e outras instituições do município.

“Vale salientar que, com todas essas ações, o intuito é intensificar as atividades de educação para o trânsito, que são desenvolvidas continuamente em Cachoeiro, a exemplo do trabalho de conscientização nas escolas”, finaliza Bento.

Sobre o Maio Amarelo

O mês de maio é dedicado à conscientização no trânsito, pois foi no dia 11 de maio que a Organização das Nações Unidas (ONU) decretou a Década de Ações para a Segurança no Trânsito (2011-2020), que tem como objetivo a redução de 50% dos acidentes no Brasil e no mundo.

Além disso, neste mês, também é realizada a Semana Mundial de Segurança do Pedestre, também chamada Campanha Zenani Mandela. O nome é uma homenagem à neta de Nelson Mandela, vítima fatal do trânsito da África do Sul, em 2013.