Sem custos

Municípios atingidos por enchentes participarão da ExpoSul Rural 2020

11 municípios capixabas já confirmaram presença no evento
Foto: Divulgação/PMCI

A ExpoSul Rural 2020, que acontecerá de 1º a 5 de abril, no Parque de Exposições do bairro Aeroporto, terá estandes de municípios atingidos pelas enchentes de janeiro, especialmente convidados pela Prefeitura e pelo Sindicato Rural de Cachoeiro de Itapemirim. As cidades de Castelo, Dores do Rio Preto, Iconha, Rio Novo do Sul e Vargem Alta estão entre os mais de 200 expositores já confirmados.

O maior evento do setor agro do Espírito Santo, que movimentou R$ 25 milhões em negócios em 2019, será uma oportunidade para impulsionar a produção rural desses municípios. Entre os produtos a serem comercializados estão cafés e bebidas especiais, frutas, artesanato e plantas ornamentais. Os estandes também servirão para a divulgação de atrativos culturais e turísticos.

“Eventos de Dores do Rio Preto foram cancelados por causa da enchente, e nós iríamos desistir da ExpoSul também. Por isso, o convite para participar sem custos surgiu em um momento muito oportuno. Pretendemos expor os produtos de agroindústrias e de artesanato, além de fazer divulgação turística, uma vez que o nosso município é porta de entrada para o Parque Nacional do Caparaó”, afirma Dalva Ringuier, secretária de Cultura, Esporte e Turismo de Dores do Rio Preto, cidade que participará pela primeira vez da ExpoSul Rural.

“Só em Cachoeiro, tivemos um prejuízo de, aproximadamente, R$ 20 milhões no meio rural. Toda a região foi afetada, e este é o momento para nos unirmos e buscar soluções conjuntas. Portanto, fazemos questão que esses municípios afetados participem da ExpoSul Rural”, destaca o secretário de Agricultura e Interior de Cachoeiro, Robertson Valladão.

Mais cidades

Outros seis municípios capixabas também já confirmaram presença na ExpoSul Rural 2020: Anchieta, Conceição do Castelo, Jerônimo Monteiro, Marataízes, Piúma e Venda Nova do Imigrante.

“Nós temos ótimos exemplos de cidades que ganharam muito mais visibilidade com a ExpoSul, e de produtores dessas cidades que decidiram participar desta edição com estande próprio. Tanto a iniciativa privada, quanto as instituições públicas estão aderindo em peso a este que já um dos grandes eventos do agro no Brasil, e a nossa expectativa é de alcançarmos um volume ainda mais expressivo de negócios”, projeta o presidente do Sindicato Rural de Cachoeiro, Wesley Mendes.

“O sul do Espírito Santo está se recuperando dos impactos das fortes chuvas e das enchentes, e a ExpoSul Rural 2020 será fundamental para impulsionar esse processo de retomada. A cada edição, o evento é ampliado, ganha novos atrativos e contribui para a geração de emprego e renda em Cachoeiro e região”, completa o prefeito Victor Coelho.