Cidade mais bonita

Novas intervenções artísticas colorem áreas públicas de Cachoeiro

Pontos de ônibus são alguns dos locais que estão recebendo pinturas
Foto: Márcia Leal/PMCI

Mais locais públicos de Cachoeiro estão ganhando intervenções artísticas, que contribuem para deixar a cidade ainda mais colorida e atrativa.

A maior parte das pinturas é feita por meio da Secretaria Municipal de Manutenção e Serviços (Semmat), sob coordenação do servidor e artista visual Lucas Menon.

Na parede do grande ponto de ônibus localizado na Linha Vermelha, na altura do Museu Ferroviário, no Centro, está sendo concluído um painel em homenagem a Cachoeiro, com elementos que representam as riquezas naturais e culturais do município.

Dois pontos de ônibus na avenida Francisco Lacerda de Aguiar, na altura do bairro Paraíso, também foram contemplados com painéis coloridos, recentemente.

No bairro Santo Antônio, o muro localizado na rua Luiz Corrêa Malva recebeu novas cores e a frase “Se eu amo, eu cuido”, para incentivar a manutenção da limpeza no local.

Outros espaços que ganharam novo visual a partir das intervenções foram as praças do bairro Santa Helena e do distrito de Córrego dos Monos, como parte das ações de revitalização nesses locais.

De acordo com a Semmat, mais intervenções estão previstas ainda para este semestre. Serão contempladas a escadaria do bairro Álvaro Tavares e a praça Gil Goulart, no Independência, que passa por reforma.

“Além de todo trabalho de zeladoria urbana que realizamos, para manter a cidade limpa e organizada, temos buscado colorir as áreas públicas com pintura artística, criando ambientes mais bonitos, humanizados e agradáveis”, afirma o secretário municipal de Manutenção e Serviços, Vander Maciel.

Lei Aldir Blanc

Espaços públicos de Cachoeiro têm ganhado novas cores também por iniciativa de artistas visuais contemplados pela Lei Aldir Blanc, com apoio da Secretaria Municipal de Cultura e Turismo (Semcult).

É o caso de Raí Bolzan, que assina o mural multicolorido recém-pintado ao lado do Palácio Bernardino Monteiro, na Praça Jerônimo Monteiro, Centro.

Raí e artistas convidados por ele também estão colorindo o muro que cerca os fundos da rodoviária de Cachoeiro, no bairro Gilberto Machado. O objetivo é fazer uma releitura ilustrada da obra “O Lavrador de Ipanema”, do cronista cachoeirense Rubem Braga.

Outro ponto que em breve vai virar tela para artistas locais é a ponte de pedestres Governador João Bley, que liga a avenida Beira Rio ao bairro Aquidaban.