Atualização

Novo PDM é pauta de reunião entre Semurb e associação de contabilistas

Encontro foi realizado nesta terça (31), no auditório da Acisci
Foto: Márcia Leal/PMCI

A Secretaria Municipal de Urbanismo, Mobilidade e Cidade Inteligente (Semurb) de Cachoeiro promoveu reunião com representantes da Associação dos Contabilistas do Sul Espírito Santo (Ascosul), nesta terça-feira (31), sobre o novo Plano Diretor Municipal (PDM).

Realizada no auditório da Associa Comercial, Industrial e de Serviços (Acisci), a atividade teve como objetivo mostrar como as mudanças a serem implementadas pela atualização do PDM repercutirão nas atividades dos profissionais da contabilidade, além de consultar a categoria sobre suas demandas relacionadas a melhorias em processos internos da secretaria.

A apresentação foi feita pelo secretário da pasta, Alexandro da Vitória, que abordou, principalmente, as alterações que ocorrerão em procedimentos relativos à abertura de empresas e a etapas de viabilização de empreendimentos.

“Os contabilistas cumprem importante função de assessoramento do empresariado, e é fundamental que estejam a par das mudanças que o novo PDM trará. Além disso, com a expertise que detêm, esses profissionais podem contribuir muito para que possamos identificar oportunidades para ampliarmos a desburocratização em nossos serviços”, afirma.

Na ocasião, ficou definido que uma nova reunião – desta vez, on-line – será realizada em 15 de setembro, para que todos os associados da Ascosul possam apresentar sugestões de melhoria.

“O novo PDM será muito importante para a classe contábil e para a classe empresarial, para termos nossos processos liberados com mais agilidade. Atualmente, procedimentos como a abertura e a alteração de empresas têm alguns entraves, em função da defasagem do PDM vigente. Nessa reunião de hoje, tivemos contato inicial com as alterações e, agora, vamos envolver os associados, para que a Ascosul, com sua visão, dê sua contribuição”, disse Clair Martins, presidente da Ascosul.

Novo PDM

O projeto do novo Plano Diretor Municipal – que indicará as diretrizes para o desenvolvimento urbano e ocupação do solo do município pelos próximos dez anos – está em análise no Conselho do PDM e, depois disso, será encaminhado para a Câmara Municipal, para apreciação e votação pelos vereadores.

Ele é resultado do trabalho de revisão, iniciado em 2019, que contou com a realização de 35 reuniões entre a empresa contratada para fazer a atualização e a equipe da Semurb, 18 reuniões comunitárias, três reuniões temáticas, cinco workshops segmentados e quatro audiências públicas. Mais de 1 mil pessoas participaram das atividades.