Editais

Novo programa vai investir meio milhão de reais na cultura de Cachoeiro

Lançamento do programa de Coinvestimento Fundo a Fundo foi realizado na quinta (29)
Foto: Márcia Leal/PMCI

Na noite de quinta-feira (29), a Prefeitura de Cachoeiro e a Secretaria de Estado da Cultura (Secult) realizaram o lançamento oficial do programa de Coinvestimento Fundo a Fundo no município.

A solenidade, no Centro Operário e de Proteção Mútua, contou com a presença de autoridades e fazedores de cultura da região.

O programa vai investir R$ 515.800,00 na produção cultural cachoeirense – R$ 256.913,96 do Estado e R$ 258.886,04 da Prefeitura.

Serão contemplados projetos que forem selecionados em seis editais que a Secretaria Municipal de Cultura e Turismo (Semcult) publicará no dia 11 de outubro.

Um dos editais é dedicado à valorização da diversidade artístico-cultural do município e receberá propostas em áreas como dança, música, artesanato, cultura popular, teatro e audiovisual, contemplando 61 projetos, no valor de R$ 3 mil cada.

Em outro edital, serão selecionados pareceristas para avaliação dos projetos inscritos nos editais do programa Fundo a Fundo.

Também haverá oportunidades para profissionais (pessoas física ou jurídica) que queiram ministrar oficinas e cursos em vários segmentos artísticos e, ainda, realizar pesquisa, fundamentando a importância de Patrimônios Materiais e Imateriais para fins de tombamento.

O Plano de Ação do programa inclui, ainda, um chamamento público para seleção de três Organizações da Sociedade Civil (OSC) interessadas em realizar eventos culturais no município, com a destinação de R$ 26.600,00 para cada proponente contemplada.

Na cerimônia, a secretária municipal de Cultura e Turismo, Fernanda Martins, destacou a importância do programa para Cachoeiro.

“Essa é uma nova era de incentivo à cultura de Cachoeiro. Estamos felizes com essa parceria entre gestões que são próximas e que valorizam, incentivam, investem e honram a cultura”, expressou.

“Cachoeiro é um dos municípios que nunca parou de fomentar a cultura em nosso estado, mesmo na pandemia. Nós temos certeza de que esses editais serão bem aproveitados por essa cidade que sabe, como ninguém, produzir artistas”, salientou o secretário de Estado da Cultura, Fabrício Noronha.

“Esses editais vêm para fortalecer, ainda mais, a nossa já consistente política de incentivo cultural, ampliando o apoio aos nossos fazedores de cultura e o acesso aos produtos culturais no município”, ressaltou o prefeito de Cachoeiro, Victor Coelho.

Visitas às obras do Palácio Bernardino Monteiro

Antes da solenidade, os secretários Fabrício Noronha e Fernanda Martins realizaram uma visita às obras de restauro do Palácio Bernardino Monteiro, que, por décadas, serviu como sede da Prefeitura.

Na ocasião, vistoriaram o andamento dos serviços, que irão transformar o edifício histórico em um novo centro cultural, onde ficarão abrigados a Biblioteca Pública Municipal “Major Walter dos Santos Paiva”, o Arquivo Público Municipal de Cultura “Evandro Moreira”, salas de oficina e outros atrativos.

A reforma completa do Palácio é fruto de convênio entre a Prefeitura e o governo estadual. O investimento é de cerca de R$ 2,2 milhões e a previsão é de que as obras sejam concluídas em 2023.