Na rede municipal

Pais comemoram retorno das aulas das turmas de maternal I e II

Escolas municipais estão preparadas para receber alunos com segurança na pandemia
Foto: Márcia Leal/PMCI

Nesta segunda-feira (19), foi a vez do primeiro grupo de turmas do maternal I e II, da rede municipal de ensino de Cachoeiro, voltar às escolas, depois de mais de um ano de suspensão das aulas presenciais para essa etapa de ensino, em decorrência da pandemia.

Com o retorno, muitos pais se mostraram satisfeitos e felizes. É o caso de Ana Paula Sousa dos Santos Passos, mãe de duas crianças, uma de 11 meses e outra três anos, ambas matriculadas na escola Zilma Coelho Pinto, no bairro Ferroviários.

“Estamos felizes e aliviados, assim como todos os pais que precisam trabalhar e deixar os filhos em local seguro. Nada melhor que deixá-los na escola, onde vão interagir com outras crianças e aprender”, disse.

Outra mãe, Tatiane de Araújo Oliveira acredita que o retorno às aulas fará bem para os alunos e, também, que as escolas estejam preparadas para receber as crianças com segurança na pandemia.

“Minha maior expectativa, neste retorno às salas de aula, é que meu filho possa se desenvolver ainda mais cognitivamente. Porque confiamos que existem pessoas capacitadas para estimular isso. Além disso, é muito importante que ele se socialize com crianças de sua idade, para um desenvolvimento ainda melhor”, completa.

O segundo grupo de turmas do maternal I e II retornará às escolas na próxima segunda, dia 26. Serão as últimas turmas a voltarem às salas de aula na rede municipal. Todas as outras etapas de ensino já retornaram, de maneira gradual, dentro das regras do modelo de ensino híbrido, em que os estudantes alternam uma semana com aulas presenciais e uma semana com ensino remoto.

Para receberem os estudantes, as escolas estão preparadas com materiais e ações preventivas contra a Covid-19, como aferição de temperatura, tapetes sanitizantes e higienização das mãos com álcool em gel 70%. Além disso, todos precisam usar máscara – exceto as crianças de até dois anos de idade. Nas salas de aula, a capacidade de ocupação é de apenas 50%.

“Estamos convictos da importância do retorno presencial. Consideramos a escola um espaço seguro, cumprindo todas as medidas de prevenção contra o coronavírus. É um prazer receber todos os estudantes, presencialmente, porque acreditamos na necessidade de ampliar a qualidade de aprendizagem. Vamos confiar na escola, vamos voltar!”, expressa a secretária municipal de Educação, Cristina Lens.