Patrimônio histórico

Palácio Bernardino Monteiro receberá obra de restauração

As obras serão iniciadas em 2022; recursos são do governo estadual
Foto: Divulgação/PMCI

O Palácio Bernardino Monteiro, patrimônio histórico capixaba tombado pelo Conselho Estadual de Cultura em 1985, vai receber uma importante obra de restauração. Na última quinta-feira (23), foi publicado o convênio para o repasse, pela Secretaria de Estado da Cultura do Espírito Santo (Secult), de mais de R$ 2 milhões em recursos para custear as intervenções.

De acordo com a Secretaria Municipal de Cultura e Turismo (Semcult), as obras serão iniciadas em 2022, com tempo de duração de, aproximadamente, 600 dias.

O prédio, que foi inaugurado em 1912 e abrigou o Grupo Escolar “Bernardino Monteiro”, vai receber serviços na parte elétrica, hidráulica, pinturas internas e externas e melhorias na acessibilidade, com a instalação de elevador.

De acordo com a Semcult, com a reforma, o local se tornará um centro regional para a cultura, onde ficarão abrigados a Biblioteca Pública Municipal “Major Walter dos Santos Paiva”, o Arquivo Público Municipal de Cultura “Evandro Moreira”, salas de oficinas e a sede da própria secretaria.

O imóvel, atualmente, abriga os gabinetes do prefeito e do vice-prefeito, duas secretarias municipais, a Sala de Exposições Levino Fanzeres, a Galeria dos Prefeitos (com fotos de todos os mandatários da cidade) e o Arquivo Público Municipal de Cultura.

A secretária de Cultura e Turismo de Cachoeiro, Fernanda Martins, ressalta que a restauração do Bernardino Monteiro vai fomentar, ainda mais, a herança cultural presente no munícipio e expandir o turismo histórico na cidade.

“Além dos benefícios das melhorias estruturais, a restauração do Palácio também trará vantagens para o setor cultural e turístico de Cachoeiro, visto que o espaço é um dos mais importantes do Espírito Santo”, reforça.

“O Palácio Bernardino Monteiro é um dos patrimônios que contam a história da nossa cidade e é, por isso, que esse restauro tem tanta importância, visto que vai preservá-lo para que as futuras gerações saibam como o município foi construído. Estamos felizes por mais essa conquista”, salienta o prefeito de Cachoeiro, Victor Coelho.

Últimas notícias