Novo regramento

Pandemia: Cachoeiro elabora plano de convivência das atividades econômicas

Reunião sobre o tema foi realizada nesta quinta (16), com a participação do Ministério Público
Foto: Divulgação/PMCI

A Prefeitura de Cachoeiro de Itapemirim está elaborando um Plano Municipal de Convivência das atividades econômicas com a Covid-19. O documento vai propor uma nova forma de funcionamento dos setores produtivos do município durante a pandemia, com regras mais adequadas à realidade local.

A proposta está sendo construída a partir do diálogo com o setor empresarial e, nesta quinta-feira (16), foi tema de uma reunião entre representantes da administração municipal, do Ministério Público, do legislativo municipal e de empresários. A atividade ocorreu no auditório da escola municipal Zilma Coelho Pinto, com participantes no local e em videoconferência.

 O encontro foi aberto com a apresentação de um resumo e de resultados das ações de enfrentamento à pandemia realizadas, pela Prefeitura, nos últimos quatro meses. Em seguida, foram apresentados estudos com dados atuais do município referentes aos indicadores que são considerados para a classificação do grau de risco, baseada no modelo estabelecido pelo governo estadual.   

“Desde a confirmação do primeiro caso de Covid-19 em Cachoeiro, temos tomado todas as medidas cabíveis para conter o avanço da doença e seguido as diretrizes do governo estadual. Agora, com base em estudos que apontam uma melhora considerável nos indicadores, podemos propor um plano municipal com um novo regramento para as atividades econômicas, que seja mais adequado à nossa realidade, às nossas especificidades. Queremos possibilitar um equilíbrio entre saúde e economia”, frisou o prefeito Victor Coelho, destacando que a reunião foi agendada para esta quinta (16) por ser o Dia do Comerciante.

O prefeito também ressaltou que a construção do plano está tendo a colaboração ativa dos setores produtivos e que o documento será apresentado ao Ministério Público, antes de ser encaminhado ao governo estadual, para avaliação.

“Estamos conversando com o governador Renato Casagrande sobre essa nossa proposta, no sentido de que seja avaliada a possibilidade de permitir que os municípios, que têm bons indicadores no combate à pandemia, possam criar seus próprios planos e regramentos, mantendo todas as preocupações no âmbito da saúde, mas, também, olhando o lado econômico”, afirmou Victor.   

Os promotores de Justiça participantes destacaram a importância da iniciativa do município de dialogar com o MP sobre o tema e se colocaram à disposição para avaliar o plano.

“Esse plano pode ser uma via interessante para caminharmos ao longo da pandemia, mas precisamos avaliá-lo com cautela”, disse a promotora Ana Carolina Serra.

Empresários e vereadores participantes também manifestaram suas opiniões no encontro. “Estamos verificando a extrema boa vontade do governo municipal para tentar resolver ou, pelo menos, melhorar a situação do comércio e outras atividades, que estão funcionando sob muitas restrições, atualmente. É necessário rever as regras”, disse Orlando Novaes Filho, representante da Associação Comercial, Industrial e de Serviços de Cachoeiro de Itapemirim (Acisci).