Pandemia impede em 2021

Participantes da Corrida de São Pedro falam sobre a tradicional prova; veja vídeo

Última edição da competição esportiva foi realizada em 2019, antes da pandemia
Foto: Divulgação/PMCI

A Corrida de São Pedro, que tradicionalmente dá início às comemorações da Festa de Cachoeiro, não poderá ser realizada, pelo segundo ano consecutivo, em razão da pandemia da Covid-19. Sempre organizada pela Secretaria Municipal de Esporte, Lazer e Qualidade de Vida (Semesp), a prova chegaria à sua 43ª edição em 2021.

O evento, considerado uma das maiores competições de corrida de rua do Espírito Santo, faz parte da história de muitas pessoas que dela participaram e, em suas últimas edições, foi marcado por inovações, aumento do número de inscrições, mais opções de percurso e inclusão social.

Neste sábado (19), a Prefeitura de Cachoeiro publicou em suas redes sociais um vídeo – veja abaixo – com depoimentos de participantes convidados a relembrarem um pouco das experiências que viveram na prova.

“A corrida de São Pedro é histórica para a cidade. A gente vê as pessoas vindo correr porque a gente sai para correr. Foi a primeira corrida que eu participei, então, cada lembrança dela é inesquecível”, afirma Adriana Carla Delle’Crode.

Gabriel Jordão foi um dos primeiros cadeirantes a participar do evento e relembra com carinho do momento vivido. “Foi muito legal. Quero que volte logo, eu estou com muita saudade de participar”, conta.

“São recordações boas. Consegui pegar um podium, na minha faixa etária. Fiquei em primeiro lugar”, comenta José Rito da Costa.

Já para Weller Alvarenga Cruz, a participação na corrida representou uma transformação. “Foi uma evolução na minha vida, depois que conheci a corrida”, avalia.

A secretária municipal de Esporte, Lazer e Qualidade de Vida (Semesp), Lilian Siqueira, enfatiza que a Corrida de São Pedro é um evento marcante para Cachoeiro, de muita confraternização e superação.

“Nas últimas edições, tivemos recorde de participantes, incentivamos mais pessoas a praticarem esporte, entre adultos e crianças, e percebemos como a corrida é uma modalidade inclusiva. Seguiremos na batalha contra a Covid-19, para que no próximo ano o evento seja realizado com total segurança”, ressalta.

Últimas edições

Em 2017, a 39ª edição teve como tema “Mais que ruas, mais que pontes” e contou, pela primeira vez, com a participação de crianças e disputa nas categorias especiais, para cadeirantes e atletas com deficiência e trabalhadores da área de segurança.

Já em 2018, “Bons exemplos inspiram” foi o tema da 40ª edição, com o dobro de número de inscrições, que foram preenchidas em menos de 2 horas. A categoria adulto ganhou mais um percurso.

Em 2019, na última edição antes da pandemia do coronavírus, a 41ª Corrida de São Pedro, com o tema “Tradição que transforma”, teve recorde de participantes e contou com a novidade de um telão no local, que transmitiu a prova em tempo real para o público presente.

O evento também tem viés social: sempre arrecada, junto aos inscritos na prova, grande quantidade de donativos, como fraldas geriátricas e caixas de leite, que são distribuídos para instituições sociais.