Falta consciência

Pedestres devem evitar trechos em obras no calçadão da Beira Rio

Um corredor provisório foi disponibilizado para que os serviços não sejam prejudicados pelos passantes
Foto: Divulgação/PMCI

A Prefeitura de Cachoeiro reforça, por meio da Secretaria Municipal de Obras (Semo), para que pedestres evitem transitar nos trechos em obras do calçadão da avenida Beira Rio, que abrangem as proximidades do Teatro Rubem Braga até a ponte de pedestres Rosalina Despoli.

Os serviços de reforma entraram na fase de aplicação de granilite, material mais apropriado para a prática de caminhada no local que o antigo piso de pedras portuguesas.

Acontece que, mesmo sinalizados e com barreiras para impedir o acesso, os trechos têm sido usados como passagem, o que danifica serviços já feitos, prejudicando o andamento das obras e gerando mais despesas para os cofres públicos.

Para que os pedestres possam transitar naquela área com segurança, sem interferir nas obras nos trechos, foi disponibilizado um corredor provisório, na área de vagas de estacionamento adjacente ao calçadão, que está cercada.

“Estamos perdendo dias de trabalho, tendo de refazer serviços avariados pelos passantes. Isso tem um custo, que é pago por todos os contribuintes. Precisamos contar com a colaboração de todo mundo, para que, o mais breve possível, consigamos entregar o novo calçadão, em melhores condições e mais seguro para o uso”, reforça o secretário municipal de Obras, Paulo Miranda.