Prevenção

Pesquisa vai ampliar combate a insetos transmissores de malária e Chagas

Equipe de Vigilância Ambiental de Cachoeiro participa de treinamento para realizar ação
Foto: Márcia Leal/PMCI

A equipe de Vigilância Ambiental da Secretaria de Saúde de Cachoeiro participa, nesta semana, de uma capacitação para realização de pesquisa com foco na captura e identificação de insetos transmissores da malária, leishmaniose e doença de Chagas.

Oferecido pela Secretaria de Estado de Saúde (Sesa), o treinamento é realizado na Unidade de Vigilância de Zoonoses, no bairro Aeroporto, e conta, também, com a participação de equipes de outros municípios da região sul capixaba.

Em aulas teóricas e práticas, os participantes aprendem mais sobre os insetos e são instruídos sobre cada passo da pesquisa entomológica, que vai ajudar os municípios a fortalecerem o monitoramento e o combate desses vetores, ações essenciais para a prevenção das doenças por eles transmitidas.

“Todas as orientações que estamos recebendo vamos repassar, posteriormente, a todos os agentes de combate a endemias, que serão os responsáveis por esse trabalho de pesquisa”, pontua o gerente da Vigilância Ambiental de Cachoeiro, Fábio Gava.

Para a execução do trabalho, com data de início a ser definida, a Sesa disponibilizará uma série de materiais, incluindo armadilhas para captura e estudo dos insetos.

“Essa é uma ação muito importante para ampliarmos a vigilância desses vetores, reduzindo os riscos de transmissão de doenças gravíssimas à população”, afirma o secretário de Saúde de Cachoeiro, Alex Wingler.