Desenvolvimento educacional

Pré-escola da rede municipal de Cachoeiro ganha material didático inédito

Novos livros vão incrementar atividades pedagógicas para crianças de 4 e 5 anos
Foto: Márcia Leal/PMCI

De forma inédita, na rede pública municipal de educação de Cachoeiro, alunos da pré-escola contarão com livros didáticos específicos para essa etapa do ensino, que atende crianças de 4 e 5 anos.

A chegada do material às escolas foi marcada pela entrega realizada, na manhã desta segunda-feira (10), na Emeb “Dr. Pedro Nolasco Teixeira Resende”, com a participação do vice-prefeito Ruy Guedes e da secretária municipal de Educação, Cristina Lens.

A secretária explica que, com um planejamento bem estruturado feito pelos professores, os livros facilitarão o desenvolvimento de habilidades importantes nessa fase da educação infantil.

“O livro didático vai contribuir para melhoria na qualidade do atendimento educacional na pré-escola e na preparação para a alfabetização, que começa, formalmente, no 1º ano do ensino fundamental”, avalia Lens, lembrando que a educação infantil da rede municipal recebeu investimentos em importantes recursos pedagógicos em 2020, como novos jogos e brinquedos educativos.

A partir dos campos de experiências da educação infantil propostos pela Base Nacional Comum Curricular (BNCC), os materiais promoverão dinâmicas de aprendizagens interativas, valendo-se de temáticas que costumam povoar o imaginário infantil e ampliar o universo de experiências, conhecimentos e habilidades, diversificando o repertório cultural do aluno e consolidando novas aprendizagens.

Os campos de experiências propostos pela BNCC são: o eu, o outro e o nós; corpo; gestos e movimentos; traços, sons, cores e formas; escuta, fala, pensamento e imaginação; espaços tempo, quantidades, relações e transformações. O material também aborda os seis direitos de aprendizagem dispostos na Base: conviver, brincar, participar, explorar, expressar e conhecer-se.

“Os livros fortalecerão os processos de ensino e de aprendizagem, compondo múltiplas possibilidades para a integração do aluno, professor e família, desenvolvendo habilidades cognitivas, físicas, sociais e afetivas”, destaca a secretária.

Plano Municipal de Educação

De acordo com a Secretaria Municipal de Educação (Seme), a proposta está em sintonia com o Plano Municipal de Educação, no que diz respeito ao fomento da qualidade da educação básica em todas as etapas e modalidades.

Nos próximos dias, as escolas entrarão em contato com os pais para que façam a retirada do novo material, diretamente, nas unidades. Os livros serão usados, primeiro, nas atividades pedagógicas não presenciais e, a partir de 7 de junho, também nas escolas, com o início do retorno das turmas de pré-escola às aulas presenciais do sistema de ensino híbrido adotado durante a pandemia.